PETwork da Casa da Feijó

pet

Não pensem que escrevi errado. É PETwork mesmo, e não patchwork.

Nas horas de lazer ou de descanso, a jornalista Márcia Feijó costura. Sim, além de mãe dedicadíssima de dois filhos lindos, casada, ela é também uma mulher superprendada.

Produzidas com a técnica de unir retalhos, daí o nome patchwork, as peças são feitas uma a uma, hand made, e têm acabamento ‘supimpa’. Marcinha, inclusive, é quem escolhe e compra os tecidos, muitos disponíveis apenas no mercado virtual.

Esperta como ela e sortudas como eu, Márcia divulgou entre as colegas de profissão – todas apaixonadas por seus bichos de estimação – que tinha tecidos com estampas de cachorrinho, gatinho, macaquinho, ovelhinha e por aí vai… bastou escolher e olha o resultado.

As almofadas PETwork são apenas alguns itens da produção da jornalista-artesã. Sabe divulgar e costurar, não necessariamente nesta ordem.

O negócio tem dado tão certo que ela decidiu criar um blog para expor suas criações e, claro, comercializá-las.

Não vou mentir! É difícil resistir às almofadas. Por isso, se você também adora mimar seu PET e quer personalizar a decoração da sua casa ou o “loft do seu animalzinho de estimação”, vale a dica.

Confira o blog www.casadafeijo.blogspot.com

Ah, lembrando que os motivos da produção são variados, vão além do segmento PET. (rsrsrsrs)

loft da naza

Continue Reading

Made in Blumenau

Ousadia nas gargantilhas de couro e cristais Swarovski assinadas pela catarinense Carolina Haveroth, de Blumenau

Vasos, bowls, centros de mesa, castiçais, fruteiras… tudo é feito a partir da cerâmica!
Assinadas pela blumenauense Carolina Haveroth, as peças surgem com diferentes finalidades funcionais e decorativas. O padrão está no refinamento estético, na forma como cada objeto é tratado pela designer.  
Os tamanhos das criações variam. Medem entre 10cm e 1.30m de altura. “As maiores são peças imponentes e comumente usadas no hall de entrada”, diz Carol.
Entre as coleções – eu, particularmente, destaco a BANANEIRA, ESCÓCIA, QUARTZO FUMÊ, RUBRA, COSTELA DE ADÃO  – a “princesinha”, como a própria designer define, é a gargantilha que ganhou banho de cobre e cristais Swarovski.
O mimo, na foto, adorna a linha ONIX PRETO FOSCO.
Tudo é feito artesanalmente, da criação ao acabamento.
 
 Quartzo Fumê e as outras coleções com tons metalizados são as mais procuradas pelos clientes, segundo Carolina Haveroth.
 quartzo fume
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Coleção Escócia. O desenho, que parece pintura,
é aplique de tecido cortado a laserescocia 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Continue Reading

Quitutes para adoçar e celebrar a vida!

Hummmm... hand made para olhar e, melhor, provar!
Hummmm... hand made para olhar e, melhor, provar!
Em camadas, para ser mais gostoso de provar. Creme belga, raspas de chocolate amargo, chantily caseiro, nozes, mais raspas de chocolate e folha de hortelã
Em camadas, para ser mais gostoso de provar. Creme belga, raspas de chocolate amargo, chantily caseiro, nozes, mais raspas de chocolate e folha de hortelã

Bom dia leitores deste blog que ainda nem fez sua estreia. Mas, aos amigos já comunicados, quero lembrar que gastronomia também fará parte dos assuntos aqui publicados. E para dar início, aproveito a data de hoje, quando completo 31 primaveras (literalmente), para mostrar a vocês algumas das coisas que amo fazer. Estar na cozinha e preparar receitinhas é sempre um prazer.
E falando nisso, vou voltar agora para lá e fazer um delicioso brownie (hummmmm…. amoooo) e depois mostro a vocês. Vai um pedacinho aí? Virtualmente, espero que sintam água na boca.
Um beijo a todos os amigos queridos… a vida é assim… doce, simples e bela.
Ah, depois tem um cafezinho gostoso!

abraços.
jana hoffmann

Continue Reading