Brincando de cuidar da casinha…

A gente trabalha pra caramba, assume mil e uma funções ao mesmo tempo. Pra não pirar o cabeção, medita, faz academia, anda de bicicleta, sai para tomar umas e outras com os amigos, curte o bichinho de estimação… Eu gosto de cuidar da casa, digamos de brincar de casinha.

Não, isso não quer dizer ficar faxinando. A minha terapia é garimpar soluções decorativas especiais para cada cantinho do lar. Claro que nem tudo eu replico, às vezes, adapto com uma invenção parecida. Mas o que vale são as boas ideias. Como já disse em outras oportunidades, aqui mesmo no Feito Casulo, casa tem que ter vida e nós é quem damos vida à ela. Pequenos caprichos valem a pena no resultado final. Acreditem!

Por isso, na coluna desta semana decidi fazer uma seleção de fotos com coisinhas que encontrei na web e que me deixaram tentada a copiar. Aqui, divido ela com vocês. Espero que também curtam!

Raladores antigos também podem se transformar num suporte para talheres. Ou então, servirem de cúpula para uma luminária / Foto Blog Santinha do Pau Oco, Divulgação

Na cor natural do alumínio ou pintado, como este, o escorredor de macarrão muda a cena no quesito iluminação / Foto Blog Xô Bagunça, Divulgação

As telinhas de galinha são um must. Versáteis, você consegue criar com elas desde um jardim vertical na área externa até um apoio para utensílios na cozinha. Aposte na criatividade / Foto Blog da Zazá, Divulgação

Continue Reading

Pendente siliconado

Eu sou fã de personalizar e dar a sua cara ao lugar no qual vive. É ali que você passa a maior parte do tempo, é para onde você sempre volta. Então, crie e deixe do jeitinho que você gosta. Cansou, muda de novo. O legal é que o mercado também está antenado para esta nossa vontade de querer dar pitaco e dar o ‘nosso jeitinho’ a tudo. Coisa de brasileiro, claro, e com orgulho. Nesse contexto, olha só o que a Taschibra vai lançar. São as linhas de pendentes Make Color, Dot Color e Day Color, confeccionadas a partir de silicone. Elas chamam a atenção porque são personalizáveis, têm o cabo e a estrutura maleáveis. Assim é possível que cada pessoa deixe o objeto como desejar. O produto é pioneiro e a linha estará disponível a partir de março, com o lançamento na Feicon em São Paulo. Posteriormente ao evento, os pendentes estarão disponíveis nos home centers de Santa Catarina, além de pontos de venda em outros estados.

Luminárias feitas de silicone

Luminárias feitas de silicone

Continue Reading

Boas ideias pulsando na Mostra Casa Nova 2013

Pra quem curte decoração, a Mostra Casa Nova, no Mesc, é um prato cheio de soluções. E como de praxe, durante o evento farei alguns garimpos e dividirei aqui com vocês. Para iniciar os trabalhos, eis toques iluminados

PAISAGENS NO AR

Belíssima a ideia da arquiteta Bia Kubelka no Café do Museu por Sebrae. A pedido dela, o arquiteto carioca Chicô Gouvêa, que atua como designer resgatando nas suas peças a brasilidade, selecionou paisagens urbanas, muitas delas de Florianópolis, que ganham vida a partir da luz. Isso porque as imagens em preto e branco se transformaram em adesivos. Cada uma delas estampa as cúpulas de acetato desenhadas pela arquiteta. O efeito é único e faz uma relação com a memória afetiva de quem viveu ou vive a cidade.

Foto Ricardo Wolffenbüttel

Foto Ricardo Wolffenbüttel


IMPONENTE SPIDER INGO

Eu já havia divulgado no meu Feito Casulo na internet, antes mesmo de ter o espaço impresso no caderno Casa Nova do Diário Catarinense. Encontrei esta peça numa das minhas constantes viagens virtuais. Mas apenas agora tive a oportunidade de observar in loco a imponência da luminária pendente Dear Ingo, design de Ron Gilad (2003) para a grife Moooi, do conceituadíssimo Marcel Wenders, sempre com suas criações instigantes. Ela é um dos muitos destaques do Living Des Arts por Cassol Centerlar, projeto dos designers Moacir Schmitt Jr. e Salvio Moraes Jr. para a Pinacoteca Casa Nova. Ao olhar o exemplar lembramos de um aracnídeo. Além do efeito estético, o legal é que a peça tem braços articulados para diferentes possibilidades de foco da luz. Demais da conta!

Foto Ricardo Wolffenbüttel

Foto Ricardo Wolffenbüttel

 

Continue Reading