Um pouco de luz

Luz é uma daquelas palavras de muitos significados. Todos, porém, levam ao mesmo sentido, independente da ocasião. Pode ser a lâmpada, pode ser o efeito da claridade num determinado espaço, pode ser a luz que ilumina um ambiente ou mesmo o caminho que você trilha… pode ser aquele ‘estalo’, de repente, na sua mente… pode ser a luz do sol, da lua…

São tantas as luzes em nossas vidas que fica difícil nomeá-las… seja a luz que for, ela sempre aparece para desanuviar, fazer aparecer algo sob nossos olhos ou além deles, para iluminar, dar vida e cor ao dia a dia… sim, a luz é o sentido da vida, é a nossa fonte de energia, cada uma à sua maneira… antes a luz, do que a escuridão… antes o sol, do que as nuvens cinzentas…

Acabo de lembrar o trecho de uma música que gosto muito e diz bem o significado da luz, interpretada pelo amigo Rafael Malenotti, da banda Acústicos e Valvulados.

“Nunca mais abro a janela do meu quarto num dia cinza. Sei que o sol fica dormindo atrás das nuvens, não ilumina. Nem penso muito no que pode acontecer, enquanto arrumo todas as coisas que eu sinto… o meu passado e o meu destino. Espero que o fim da tarde venha com você.”

Numa cidade como Florianópolis, sol é indispensável. Quando o sol não dá o prazer do seu brilho, a cidade fica irreconhecível, triste, não aparece. Não sei quanto aos outros moradores, mas acho que a ilha precisa do sol sempre, precisa ser iluminada para revelar a que veio. Então, que venha o sol para fazer juz à Ilha da Magia, dos encantos, dos feitiços…

Sim, fiz todo este abre para falar da iluminação cênica e aconchegante das velas. Inspire-se. Seguindo para o outono, quando chegam as noites mais gostosas, use esse artifício e sinta o clima. A máxima é ousar e abusar da criatividade para usar velas na decoração. De presente, você terá a luz!

 

Fotos: www.renovalar.blogspot.com

Continue Reading

Um pouco de luz

Luz é uma daquelas palavras de muitos significados. Todos, porém, levam ao mesmo sentido, independente da ocasião. Pode ser a lâmpada, pode ser o efeito da claridade num determinado espaço, pode ser a luz que ilumina um ambiente ou mesmo o caminho que você trilha… pode ser aquele ‘estalo’, de repente, na sua mente… pode ser a luz do sol, da lua…

São tantas as luzes em nossas vidas que fica difícil nomeá-las… seja a luz que for, ela sempre aparece para desanuviar, fazer aparecer algo sob nossos olhos ou além deles, para iluminar, dar vida e cor ao dia a dia… sim, a luz é o sentido da vida, é a nossa fonte de energia, cada uma à sua maneira… antes a luz, do que a escuridão… antes o sol, do que as nuvens cinzentas…

Acabo de lembrar o trecho de uma música que gosto muito e diz bem o significado da luz, interpretada pelo amigo Rafael Malenotti, da banda Acústicos e Valvulados.

“Nunca mais abro a janela do meu quarto num dia cinza. Sei que o sol fica dormindo atrás das nuvens, não ilumina. Nem penso muito no que pode acontecer, enquanto arrumo todas as coisas que eu sinto… o meu passado e o meu destino. Espero que o fim da tarde venha com você.”

Numa cidade como Florianópolis, sol é indispensável. Quando o sol não dá o prazer do seu brilho, a cidade fica irreconhecível, triste, não aparece. Não sei quanto aos outros moradores, mas acho que a ilha precisa do sol sempre, precisa ser iluminada para revelar a que veio. Então, que venha o sol para fazer juz à Ilha da Magia, dos encantos, dos feitiços…

Sim, fiz todo este abre para falar da iluminação cênica e aconchegante das velas. Inspire-se. Seguindo para o outono, quando chegam as noites mais gostosas, use esse artifício e sinta o clima. A máxima é ousar e abusar da criatividade para usar velas na decoração. De presente, você terá a luz!

 

Fotos: www.renovalar.blogspot.com

Continue Reading
1 9 10 11