Universo brega

Há quem ame, mas também quem passa longe. Apesar disso, não há dúvidas de que o estilo conhecido como kitsch ganha cada dia mais força no universo da decoração e se torna mais presente no cotidiano das pessoas. O exagero e o uso
excessivo de elementos, como diversos quadros numa parede ou a mistura de vários estilos em um mesmo espaço são algumas das principais características do kitsch.
– É essa relação com o exagero que muitos associam ao brega. No entanto, na maioria das casas, é comum você verificar um elemento considerado kitsch, como pinguins de geladeira, anões de jardim, flores artificiais ou até mesmo imitações de obras de arte. Isso não significa que a pessoa tenha mau gosto para decorar, pois estamos lidando com a cultura de massa – diz o arquiteto Lisandro Piloni.
Já os arquitetos André Bove e Felipe Raduan dizem que o estilo tão peculiar tem a sua vantagem. Segundo a dupla, é possível uma composição única gastando pouquíssimo. Até porque, a graça da decoração também está no momento da busca pelos itens em lojinhas baratas e brechós.

Captain Online - Objetos de décor (3)

O cachorrinho decorativo da loja on-line Captain é um exemplo de peça kitsch

Continue Reading

Antiga igreja dá lugar a uma casa moderna

Este é um daqueles projetos que defino como esquisito e interessante ao mesmo tempo.

Esquisito pelo local, que antes era uma igreja e hoje abriga uma casa.

Interessante pelo olhar do arquiteto de transformar um imóvel ‘religioso’ numa residência moderna, com todos os ambientes necessários, aproveitando itens originais da arquitetura e incorporando novos elementos para um contexto mais atual.

Ideia do escritório Zecc. O projeto foi realizado numa antiga catedral na Holanda.

churchofliving02

churchofliving03 churchofliving08 churchofliving07 churchofliving05 churchofliving04

 

Continue Reading