Obras de Pati Peccin e George Peixoto estampam a nova coleção de almofadas da CM Gallery

george-peixoto_almofada_cm-gallery-foto-cristina-gallo

Eu sou suspeita porque conheço a marca desde o seu surgimento, há três anos. Falo da CM Gallery. Adoro a seleção de artistas e obras que estampam as capas de almofadas. Meyer Filho, Hassis, Vera Sabino, Caio Borges, Nestor Júnior, Driin, Bruno Barba, Danilo Fonteles são alguns dos nomes que cederam suas obras para estampar almofadas da grife catarinense comandada por Christine Ribeiro.

Agora, uma nova coleção sai do forno com obras dos artistas George Peixoto (foto acima) e Pati Peccin. O lançamento ocorre nesta sexta, dia 25 de novembro, às 19 horas, na Faferia – DNA de Arte (Rua Fernando Machado, 261, centro, Florianópolis).

Brasil, Florianópolis, 20/11/2016. Foto: Cristina Gallo A artista plástica Patti Pecin com almofadas de suas obras.
Obras de Pati Peccin estampam a nova coleção de almofadas da CM/ Foto Cristina Gallo

As quatro estampas das almofadas de Peixoto são observações da vida urbana e fazem parte da exposição Quadratura da Cor, realizada este ano no Espaço Cultural BRDE. As obras foram colorizadas digitalmente a partir de peças em preto e branco, que formam quatro sequências. As imagens da série “Logotipo”, em P&B, foram selecionada pela CM Gallery para as quatro peças que chegam ao mercado nos tamanhos 45x45cm e 50x50cm.

A coleção de Pati Peccin, de quem particularmente sou fã, apresenta três almofadas redondas com 45cm, 50cm e 60cm de diâmetro, coloridas e com debrum de fitas pompom.  As imagens escolhidas são de obras recentes da artista. São composições com colagem, renda, desenhos e bordado sobre tecidos em bastidores que constroem uma narrativa de caráter onírico.

Uhuuuullll. Que notícia mara! Em breve passo na Faferia para espiar. Aliás, as peças serão vendidas na própria Faferia e em breve no site da CM.

 

Continue Reading

Por que não usar revestimento escuro na cozinha? Este tom de azul está um must

decortiles-flow-smoky-blue-20x20cm-alta

Pode ser mania, dizem que é mais fácil de limpar, por isso, ainda se usa muito revestimento claro na cozinha. Mas, sinceramente, sou fã das mudanças, gosto de experimentar o diferente, fugir um pouco do que parece ser tradicional. Sendo assim, fiquei encantada com esta novidade da Decortiles, em tom de azul escuro, um marinho repaginado.

E como na roupa com o pretinho básico que a gente quase nunca erra e fica elegante, por que não apostar em um tom mais nobre na cozinha? Revestimentos escuros também podem deixar o ambiente ainda mais elegante e convidativo. Por isso, a Decortiles indica a tendência do Smoky Blue em duas de suas linhas:  a Soho e a Flow.

Os lançamentos fazem um mergulho nas profundezas do azul. A cor representa a intensidade do tom, resgatando histórias, valores e tradições com percepções contemporâneas e sofisticadas.

Apaixonei! Que sonho de cozinha!

Soho destaca na superfície do porcelanato uma vibração urbana a partir da estética do cimento.

decortiles-soho-smoky-blue-90x90cm-01-alta

Fotos Divulgação Decortiles

Flow (foto de abre deste post) mistura referências do passado e do presente com técnicas que remetem aos antigos efeitos de superfície da cerâmica artesanal, mesclados às linhas modernas e geométricas. Indo além do neutro, a coleção ganha uma cartela em Smoky Blue, uma referência a intensidade da cor.

*** Já viu o porcelanato que imita a madeira queimada? Conheça a coleção Blackwood aqui.

Continue Reading

Cama da MMM acompanha o crescimento da criança até a pré-adolescência

cama abraço de urso MMM

Abraço de urso. Este é o nome desta cama lançada pela loja e-commerce da grife catarinense Meu Móvel de Madeira, a MMM. A marca é especilizada em móveis e objetos de decoração, tudo design 100% nacional. O bacana deste lançamento, além do desenho da peça, é que ela acompanha o crescimento e desenvolvimento da criança até a fase pré-adolescente.

Desenvolvida pelos designers do estúdio criativo MMM Design, o móvel adaptável é ideal para os pais que decidam adotar a decoração montessoriana no quarto dos bebês. Ou seja, o dormitório oferece elementos posicionados na altura dos olhos da criança. Por isso, a ideia de substituir o berço – que limita os movimentos e descobertas dos pequenos – por uma cama baixa, deixando o bebê seguro e, ao mesmo tempo, livre para aprender e desenvolver suas habilidades. Amplia ainda o fator segurança a proteção lateral na cama, evitando a queda acidental no chão durante o sono._G0A9177 tratada-alta (8)
Conforme a criança começa a andar e ter mais autonomia, os pais podem colocar os pés na cama, mantendo a proteção lateral para as noites mais agitadas. Por volta dos quatro anos, as laterais do móvel podem ser retiradas, proporcionando mais liberdade para as brincadeiras e descobertas dos pequenos.

cama abraço de urso MMM

Ao entrar na pré-adolescência, é necessário transformar o quarto infantil em um espaço mais jovem, refletindo a personalidade do morador. Assim, a cabeça do urso pode ser retirada, transformando o móvel em uma cama de adulto comum, que acompanha o jovem a vida toda.

Com estrutura de madeira maciça reflorestada e detalhes em multilaminado com acabamento cru fosco, a cama Abraço de Urso mede 191,8 cm x 94 cm x 31,3 cm (altura com os pés inclusos). O móvel foi desenvolvido para colchão de solteiro de 88 x 188 cm.

cama abraço de urso MMM

Continue Reading