Juliana Pippi anuncia participação na Casa Cor SP 2018

Já são 13 edições no currículo e 15 ambientes criados para mostras de decoração em Santa Catarina. Agora chegou a vez de mostrar o trabalho na capital paulista. Juliana Pippi anuncia participação na Casa Cor SP 2018. A arquiteta catarinense assinará o primeiro espaço na Casa Cor SP, que neste ano ocorrerá de 22 de maio a 29 de julho, no Jockey Club.

“O escritório já atua na capital paulista. Participar da Casa Cor SP 2018 é uma forma de me apresentar oficialmente ao mercado de lá. Acredito que o evento será positivo neste sentido”, revela a profissional que tem escritório em Florianópolis (SC).

As idas e vindas têm sido constantes por conta da agenda de trabalho e também por puro lazer. Juliana confessa que adora aproveitar a vida cultural e gastronômica paulistana. “Esse tempo para mim é como um respiro”, arremata.

Em 2016 visitamos a Casa Cor SP. Veja aqui o que mais gostamos.

Processo Criativo

Respiro tem a ver com a proposta que a arquiteta irá apresentar no seu espaço. Em processo criativo, ela antecipa que o conceito do projeto busca reflexão na sua relação com o tempo, na sensação de aconchego e na conexão.

A questão da conexão em si, para mim, é conquistar – hoje em dia – um tempo todo nosso. A pausa, um respirar mais profundo e consciente“, acrescenta.

No projeto para a Casa Cor SP 2018 Juliana destaca ainda que haverá a participação de algumas empresas do Sul do país. A ideia é apresentar o que a região tem de melhor em design. Formus, Saccaro, Sollos, Haiko, Alex Fernandes, Ouse Iluminação, Studio Ambientes e Portobello Shop São José são as marcas parcerias de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul que junto com a arquiteta partiparão da Casa Cor SP 2018. Da capital paulista já oficializaram parceria as lojas By Kamy e AD Studio.

Parceiros de Santa Catarina e Rio Grande do Sul que estarão na Casa Cor SP 2018 no projeto da arquiteta Juliana Pippi, de Florianópolis / Foto Luciana de Moraes
Continue Reading

Peças de Salvador Dalí ambientam espaço assinado por Roberto Migotto na Casa Cor São Paulo 2016

Três décadas e três motivos: 30 anos de Casa Cor, 30 anos de profissão e o decór da década de 1930. Estes foram os pilares que nortearam o projeto assinado pelo arquiteto Roberto Migotto para a Casa Cor São Paulo deste ano. O estilo do aclamado designer Jean Michel Frank foi a grande inspiração do profissional. Entre os destaques do living-biblioteca, ambiente de 100 metros quadrados projetado por Migotto, sobressaem duas obras singulares de antiquário. Ambas foram criadas em conjunto por Jean Michel e o grande mestre do surrealismo Salvador Dalí. Na década de 30 eles desenvolveram uma série de ideias de mobiliário e luminárias, que ganharam vida em 1990 com a equipe da BD Barcelona Design, liderada por Oscar Tusquets.

No living-biblioteca da Casa Cor SP 2016 o arquiteto Roberto Migotto usa a poltrona Leda, desenhada por Salvador Dalí nos anos de 1935-1937, enquanto ele trabalhava com o designer de móveis francês Jean Michel Frank. Outra peça é a luminária Bracelli, que Dalí tinha na casa dele em Portlligat, e tem o pedestal em zigue-zague coberto por folha de ouro.

luminária - Roberto Migotto - Casa Cor SP
Fotos: Divulgação

poltrona Leda - Roberto Migotto - Casa Cor SP

Estas peças estão são encontradas na Herança Cultural, loja on-line especializada na venda de mobiliário de design de época e contemporâneo, além de objetos, esculturas e livros sobre o segmento.

CASA COR SÃO PAULO 2016
De 17 de maio a 10 de julho de 2016.
No Jockey Club de São Paulo.
De terça à quinta, das 12h às 21h
Sexta, sábado e feriados, das 12h às 21h30
Domingo das 12h às 20h

Mais informações aqui.

Continue Reading

Uma cozinha-lavanderia do futuro

Para quem ainda não viu, tem até amanhã, dia 12, para ver a cozinha conceito “Liberty”, assinada pela Brastemp, e financiada pela Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), que está em exposição na 16ª edição do BGourmet, na Casa Cor SP, que finda nesta terça.

A proposta teve como base o conceito do design universal. O projeto tem foco em acessibilidade, podendo ser utilizada por um grande número de pessoas, mesmo por aquelas que têm necessidades especiais. Outro fator explorado foi o de aproveitar ao máximo e de forma inteligente os espaços disponíveis em imóveis cada vez menores, uma tendência nos dias de hoje.

Para atender tais características, o projeto-conceito apresenta uma solução completa para cozinha e lavanderia, trazendo produtos integrados: refrigerador, cooktop, micro-ondas, pia (com a possibilidade de utilizar água normal e purificada), lava-louça, lavadora de roupas, depurador de ar, além de espaço para armazenagem de mantimentos e utensílios, visando diminuir o trajeto dos usuários dentro da cozinha.


Continue Reading

Seleção na Casa Cor SP

A 25ª edição da Casa Cor São Paulo está a todo vapor desde o final de maio. O evento vai até dia 12 de julho no Jockey Club (Av. Lineu de Paula Machado, 1075), em São Paulo.

Quem está na capital paulista fazendo um rasante pelo evento é o arquiteto Rico Mendonça, de Florianópolis. A pedido, ele adianta para o blog FEITO CASULO alguns registros.

O que mais chamou a atenção dele foi a mistura de objetos antigos com outros modernos, trazendo uma memória afetiva. Uma linha também muito forte, segundo Rico, foi a presença marcante do color blocking, presente em vários ambientes. Eis algumas imagens feitas pelo próprio arquiteto.

Bia Barros veste as cadeiras assinadas por ela com cores fortes, fazendo contraste com o piso e a parede

Foto do restaurante da Bia Barros, com megatelas, num ar retrô, e de cores vibrantes

Este teto da banca, leva uma grande plotagem de capas de revistas iluminadas

Teto revestido

Patchwork de azulejos atrás do balcão da boulangerie, com releitura do ladrilho antigo

Na horta, grandes bags, faziam a vez de jardineiras, fazendo uma alusão a pacotes. Já falei sobre estas peças aqui no FEITO CASULO. Muito boa ideia!

Horta com um ar retrô, usando grandes caixas de frutas para expor plantas

Continue Reading