Um pouco de Abimad com Luciana de Moraes

Eu não tive como estar presente, mas nossos olhos sempre vão além com a ajuda dos amigos, superparceiros e que compartilham seus olhares, suas andanças por aí. Mais uma vez o Feito Casulo, com a colaboração da jornalista Luciana de Moraes, do site A CASAA, traz uma seleção de produtos – alguns lançamentos, outros novas coleções, peças repaginadas – do que apareceu na 21ª edição da Abimad – Feira Brasileira de Móveis e Acessórios de Alta Decoração, em São Paulo. Foram quatro dias de evento. A feira encerrou na sexta, dia 19.

Claro que a Abimad reúne muitos expositores – foram 159, que ocuparam uma área de 30 mil metros quadrados do Expo Center Norte e cada visitante vai com um foco, faz a sua seleção por interesse, negócio, por novidade, por beleza.

A Lu, a convite, visitou a feira pela segunda vez e garimpou algumas coisinhas “que têm tudo a ver” com o Feito Casulo.

Espiem comigo:

Vamos começar pelas louças! Aliás, pelo que notei o colorido e o estampado estão com tudo. Vibração total para compor as mesas.

20160222035434

20160222035511

20160222035324

20160222035619

20160222035541

20160222035249

Ainda falando de cerâmica, vamos a outros acessórios decorativos feitos deste material.

20160222041725

20160222041614

Gostei destes copinhos de vidro!

20160222041000

Pelo visto este estofado não passou despercebido no evento. Imagina um deste em casa. Nunca, ninguém teria um igual ao seu. Cada pintura, um sofá!

20160222035647

Tem também esta versão de sofá mais sóbrio, neutro, marcado pela sinuosidade e pés torneados de madeira

f7a96a42-2fa5-4359-bc49-8aa07501e859

Luminárias pendentes em forma de xícaras e bules, fios de lâmpadas decorativas – que lembram aqueles pisca pisca de Natal, porém agora mais moderninhos – para dar aquele charme num cantinho da casa

20160222040121

20160222040902

Olha isso: um refresqueira! Super fresh

20160222040745

Almofadas são sempre um curinga na decoração!!! Adorei estes modelos registrados pela Lu de Moraes

20160222041955

20160222040934

Estas cadeiras lembram exemplares de antigamente, que eram feitos de cordas plásticas

20160222041902

Obrigada Lu pelas fotos, pelo garimpo. O Feito Casulo achou supimpa!
Lembrando que o evento não era aberto ao público final, mas sim voltado para um público específico de lojistas e jornalistas do setor. Ou seja, muito em breve, alguns destes produtos devem ser encontrados no mercado, em de lojas de décor, móveis e afins.

Continue Reading

Dicas charmosas de organizar os talheres em casa

Que coisa boa, fim de semana chegando. Adoro! Se continuar como foi a semana inteira, teremos sol também no sábado e domingo. Tomara. Coisa boa poder estar em casa, abrir as janelas, deixar a luz entrar, o ar circular. É energia renovada.

Claro que eu gosto de descansar, relaxar, não fazer nada, ficar de pernas para o alto. Mas confesso que, quando posso também tenho o prazer de ficar cuidando da casa, olhando cada cantinho, observando o que posso melhorar, colocar algumas bagunças em ordem. 

E por estes dias me dei conta que poderia criar algo para organizar os talheres. Hoje eles estão na gaveta, da forma tradicional, digamos, dentro daquele suporte para dividir garfos, facas, colheres e itens maiores. Apesar da dos compartimentos, está tudo misturado. É uma loucura. Então veio a ideia de tentar melhorar a organização e até mesmo a exposição destas pecinhas que usamos todos os dias. Por isso, fui garimpar ideias de como organizar os talheres. Inspire-se nestas solução de customização e coloque a mão na massa.

Vidros de conserva são um prato cheio para a criatividade. Vejam estas três sugestões

organização de talheres - Foto casa.abril.com.br

organização de talheres - Foto casaejardim.globo.com

organização de talheres - Foto casaejardim.globo.com

Tábuas de corte de madeira customizadas e penduradas em ganchos ficam uma teteia. Você pode usar uma composição de tecidos diferentes ou iguais. Amei!

organização de talheres - Foto decoratingyoursmallspace.comorganização de talheres - Foto casa.abril.com

Aqui, potes de maionese pintados ganham o charme das correntes e se transformam em práticos organizadores de talheres

organização de talheres - Foto divulgação

E o que dizer das latinhas de seleta. Uhuuuu. Aqui, com direito ao passo a passo de como criar um porta-talheres supimpa para deixar à mostra na sua cozinha. Eu quero!

organização de talheres - Foto decoresaltoalto.com

Continue Reading

Decoração adaptada pra cachorro

Quem me conhece sabe que sou mãe de cachorro e com muito orgulho. Sou mãe da Nazareth (a Naza), uma pinscher tinhosa, cheia de personalidade e que há oito anos enche meus dias de alegria. Ela é um tisco de cachorro, miúda que só e, não por menos, alguns cantinhos aqui de casa são adaptados para ela. Adaptados mesmo, é fato. Afinal, chega de susto e sofrimento. Nestes oito anos, Naza – que pensa ter asas – fraturou a patinha esquerda três vezes, o que resultou em cinco cirurgias, que eu me recordo, para colocar o osso que é da finura (não grossura, né?) de um palito de dente no lugar. A pequena teve até direito a duas platinas. Afffff!!!! Sim, ela foi sorteada e eu também, e nesta vida nos cruzamos não por acaso, tenho certeza.

Por isso, não posso fechar os olhos e nem quero. Aqui no meu cafofo, no meu casulo, tem decoração inspirada nesta paixão, como as almofadas de “PETwork” feitas pela amiga Márcia Feijó, o bastidor com nome dela bordado feito pela querida Carol Grillo, da FofysFactory, prato decorativo e também soluções customizadas para facilitar o acesso da Naza a alguns lugares.

A mais nova obra é esta escada feita sob medida e com muito carinho. Como Naza é rebaixada (ela tem as patas da frente mais curtas do que as traseiras) algumas alturas já comprometem. Tem situações que ela tenta o embalo e fica no vai não vai. Então, para tirar as almofadas do chão, solução provisória e instável, decidi fazer a escada com a ajuda do meu “faz tudo”.

Ideia na cabeça, fomos a compra da madeira (pinus) e já pedimos para fazer os cortes nas medidas necessárias. Parafusamos uma a uma e a estrutura ficou pronta. Até que já curti a cor natural da madeira. Fiz uns testes com a Naza que imagino não entendia nada.

Vejam no que deu:

escada naza 1

Mas eu queria fazer “arte terapia”. Fui pintar a escada para deixá-la mais engraçadinha, mais bonitinha e mais protegida. Pintei com um tom de verde que já tinha casa e fiz uns corações vermelhos. As bolinhas complementaram, rechearam um pouco mais os degraus.

E ficou assim:

naza escada pronta 1

naza escada pronta 2

naza escada pronta 3

naza escada pronta
Agora Naza sobe e desce tranquilamente do sofá: rsrsrsrsrs

 

escada naza 3

 

escada naza 3

Como citei anteriormente, pinceladas no décor revelam a minha paixão:

almofadas
Almofadas com estampas de gatinhos e cachorrinhos

bastidor
Bastidor bordado com nome da Naza

prato

Prato decorativo de cachorrinho

Continue Reading