Coloque a mão na massa e aprenda a fazer um pufe de rolo amarrado com cintos

O pufe “De Rolo” é uma criação do designer de interiores Sandro Clemes, de Florianópolis, especialmente para o projeto de um apartamento urbano-retrô na Avenida Beira-Mar, no Centro da Capital. Na morada de um jovem homem solteiro, segundo o profissional, este item reforça a casualidade da proposta de ambientação que mistura peças de design internacional, mobiliário vintage e criações exclusivas.
Gostou e quer ter um igual na sua casa? Veja como é fácil fazer um pufe igualzinho. Como diz Sandro, “é tão simples quanto fazer um rocambole.”

Você vai precisar:
Foto Renato Turnes, Divulgação
Foto Renato Turnes, Divulgação

Pegue 16 metros de um tapete emborrachado (também conhecido como passadeira ou trilho) na cor branca ou offwhite, com mais ou menos 43cm de largura. Deve ser do tipo canelado, como o da foto 01. Não use tapete estampado porque ele não valoriza a interessante textura canelada do material, que tem efeito listrado.

Para fazer o “miolo” – o centro do pufe – escolha o mesmo produto só que em outra cor contrastante, como preto ou vermelho, e compre dois metros.

Como fazer:

Foto Renato Turnes, Divulgação
Foto Renato Turnes, Divulgação

1 – Comece enrolando o pedaço colorido, de modo bem firme, pra que não fique frouxo.

Foto Renato Turnes, Divulgação
Foto Renato Turnes, Divulgação

2 – Ao terminar o rolo que ficará no centro, pegue a passadeira maior e junte ao miolo, continuando a enrolar da mesma forma pra que o rolo fique bem coeso.

Foto Renato Turnes, Divulgação
Foto Renato Turnes, Divulgação

3 – Pra facilitar a “enrolação” dessa passadeira tão longa, encoste uma das laterais numa parede, que servirá como guia pra que o rolo fique bem retificado.

Foto Renato Turnes, Divulgação
Foto Renato Turnes, Divulgação

4 – Para prender o rolo, compre três cintos de 90cm de comprimento cada numa cor discreta e com fivela simples de metal. Afivele o primeiro cinto na metade do comprimento do rolo, e os outros dois a 3 centímetros de cada extremidade, apertando bem.

Coloque o rolo de pé e está pronto! Fica bem confortável e pode ser usado como mesa de apoio também.


Uma dica:

Você pode criar composições de cores na escolha dos materiais componentes do pufe. Pra um quarto infantil, por exemplo, pode-se escolher cada cinto de uma cor e os emborrachados também. Ou então, numa ambientação mais colorida, optar por uma passadeira de uma cor vibrante e usar cintos brancos ou pretos.

Continue Reading

Copos que balançam, mas não caem. Boa dica para um aperitivo aqui e acolá

(Foto Fancy.com)

Eu sou uma amante do vinho. Quem me conhece, sabe. Leia-se: vinho tinto. Quando encontrei estes copos, a descrição destinava-se a um utilitário feito para a experiência do vinho. Eu ainda prefiro taças. Mas não vou mentir. Adorei esta versão de copo “balança mas não cai”. Ele é indicado para a bebida dos deuses, mas nada impede que possa ser usado para servir aquela cerveja gelada ou drinques. Agora no verão, até para rechear com sobremesa tá valendo.

O design sueco da série de copos de vidros Cupa é criação de Daniele Semeraro, dono da Sempli.

(Foto sempli.com)
(Foto sempli.com)

Conheça mais sobre o Sempli aqui.

 

Continue Reading

Kit para uma cozinha mais divertida

Foto thegadgetflow.com

Não é só porque sou mãe de cachorro, mas vai dizer que não é um mimo este kit de vidro para vinagre e azeite em forma de cachorrinho. Estes, especificamente, são da raça dachshunds, mais conhecido como linguicinha ou salsicha.

Os recipientes são feitos de vidro e fechados com rolhas de cortiça. Para não fazer sujeira na hora de encher os acessórios com vinagre e azeite, vai junto do kit um pequeno funil. Adorei.

Foto polyvore.com
Foto polyvore.com

Para saber onde encontrar, clique aqui.

Continue Reading