Designer Ana Paula Castro cria linha de cobogós de concreto bruto

Divide e esconde, mas nunca por completo. Deixa a luz entrar, bem como o ar circular. Falo do cobogó, um elemento vazado, ícone da arquitetura brasileira e que cria um efeito todo especial quando usado nos projetos.

Aqui, apresento o trabalho da designer capixaba Ana Paula Castro, com a linha Ideias Concretas de cobogós conceituais feitos de cimento bruto.

Ana Paula Castro (foto 02)Designer Ana Paula Castro

A coleção autoral aparece em três versões:

Raízes

A artista criou uma trama em relevos, que se transpassam, formando uma ‘costura’, com efeito visual surpreendente. São quatro faces, com desenhos diferentes entre si. As peças podem ser unidas por qualquer um de seus lados. A junção cria formas dinâmicas, com a impressão de continuidade.

Cobogó Raízes - Ana Paula Castro (ambiente Casa Cor ES - detalhe)Ambiente Casa Cor ES

Cobogó Raízes - Ana Paula Castro (montagem)
Origami

Com apelo escultural, o Cobogó Origami explora volumes e proporções em figuras geométricas tridimensionais. O design confere ao concreto bruto uma leveza, que remete às dobraduras em papel.

Cobogó Origami - Ana Paula Castro (ambiente Casa Cor ES)Ambiente Casa Cor ES

Cobogó Origami - Ana Paula Castro (foto 02)

Listras

Essa criação aposta nos traços retos, com um design mais contemporâneo. O Cobogó Listras foi o escolhido pelo arquiteto Léo Shehtman, para um dos ambientes de maior repercussão na Casa Cor SP 2016. A partir da restauração de um vagão de trem de 1945, o profissional criou um lounge, no estilo Art Déco. Essa versão, além do concreto, conta também com a opção de madeira, pensada para os ambientes internos. As duas versões foram utilizadas no projeto do arquiteto.

Cobogó Listras - Ana Paula Castro (ambientação Mostra Artefacto - foto 01)Ambientação Mostra Artefacto com cobogó Listras
Cobogó Listras - Ana Paula Castro (Madeira - foto 01)
Cobogó Listras - Ana Paula Castro (ambiente Léo Shehtman - Casa Cor SP)Ambiente do arquiteto Léo Shehtman na Casa Cor SP 2016

Para saber mais, visite o blog da designer Ana Paula Castro aqui.
 

Sobre Ana Paula Castro:

A artista plástica e designer capixaba Ana Paula Castro é reconhecida pela criação de linhas autorais de peças assinadas. São esculturas, móveis e objetos de design, com tiragem limitada. Mesmo com a expertise em novas tecnologias, seu trabalho permanece fundamentado na tradição do trabalho manual. A natureza é tema recorrente em seu trabalho. Coerente com o posicionamento de seus temas, trabalha com materiais de baixo impacto ambiental como o aço – totalmente reciclável – e madeira de reflorestamento. Em 2010 a designer foi escolhida para desenvolver a escultura prêmio da VI Conferência Europeia das Cidades Sustentáveis, que ocorreu em Dunkerque, na França. No Brasil, participou da XVI Bienal do Design com o Porcelanato Trilhas, desenvolvido para a indústria Biancogrês. Sua Mesa Flor, produzida em madeira de reflorestamento certificada, foi Top Dez no Prêmio Green Best, em 2011. Recentemente, estreou na moda com a criação de estampas exclusivas para as três primeiras coleções da marca americana de beachwear estilista Sinesia Karol.

Fotos Divulgação

 

Continue Reading

Construção histórica no Centro de Florianópolis será um desafio para os profissionais participantes da Casa Cor SC 2016

A edição 2016 da Casa Cor SC em Florianópolis já tem data marcada: será de 23 de outubro a 4 de dezembro. O local foi escolhido a dedo, uma construção histórica no Centro da Capital, localizada na Rua Esteves Júnior. A casa de Dr. Oswaldo Cabral é de 1947 no estilo neocolonial, projetada pelo escritório Moellmann e Bruggeman.

A arquiteta Lilian Mendonça, consultora em patrimônio histórico e cultural e curadora do imóvel onde será realizada a mostra Casa Cor SC em Florianópolis, esteve presente na primeira reunião operacional do evento para conversar com os profissionais participantes.  No encontro, Lilian falou sobre o desafio da intervenção contemporânea na edificação histórica.

Casa Cor SC - Foto Lio Simas

A residência é tombada desde 1988 pelo Patrimônio Histórico Municipal.  Segundo a arquiteta, a casa é fiel nos signos da arquitetura neocolonial, com suas volutas, ânforas, azulejaria, suas formas caprichosas e a nobreza de detalhes.

Também podem ser observadas as pinturas em ouro nas paredes, os forros com diferentes níveis e desenhos, portas de dois metros de altura, com bandeiras de vidro que privilegiam a luminosidade, entre outros pormenores da arquitetura, que destacou Lilian “devem ser valorizados nos ambientes da exposição.”

casa04
Casa Cor SC - Foto Lio Simas
Fotos de Lio Simas

Celebração é o tom da Casa Cor 2016, que comemora os 30 anos da marca no Brasil. O impacto do evento na transformação do mercado de decoração e do “Morar Brasileiro” foi amadurecendo ano após ano, a ponto do tema deste ano consolidar essa revolução convidando profissionais e visitantes a usarem as inovações apresentadas nos ambientes celebrem o jeito de morar de cada região por onde passa a Casa Cor.

A Casa Cor SC também passará por Balneário Camboriú. O evento será de 2 de abril e 14 de maio de 2017, no Prédio Marina Beach Tower, Rua 3700, nº 425. Adiante, divido aqui mais detalhes com vocês.

*** Texto produzido a partir de informações da assessoria de imprensa

 

 

Continue Reading

Arquitetura de hotel de campo no interior de São Paulo surpreende profissionais do escritório Marchetti Bonetti+, de Florianópolis

Compartilhar experiências a partir de viagens é bom demais. Os olhares são pessoais, mas sempre complementares. O que uma pessoa vê, a outra pode não ter notado e vice-versa.

E o Feito Casulo vive viajando sob o olhar minucioso dos profissionais da área, que ora trazem suas impressões do décor, ora revelam peculiaridades da arquitetura de uma cidade ou de um determinado lugar.

Quem recentemente fez um passeio enriquecedor não só pessoalmente, mas também profissionalmente, foi o casal do escritório Marchetti Bonetti+, de Florianópolis. Os arquitetos Giovani Bonetti e Tais Marchetti Bonetti, amigos da casa, compartilham com os leitores deste blog o que chamou a atenção deles durante uma hospedagem singular em um hotel no interior de São Paulo, mais especificamente, na Fazenda Boa Vista.

Com a palavra, Giovani e Tais:
“Há pouco tivemos a oportunidade de desfrutar de um fim de semana espetacular. Principalmente pela oportunidade de conhecer, na companhia de queridos clientes, um empreendimento bastante peculiar no Brasil. Um condomínio de campo, no interior de São Paulo, próximo à capital.
A Fazenda Boa Vista tem um master plan particular, sempre focado na residência de campo, mas com várias abordagens. 
Várias vilas distribuídas em todo o território, algumas com unidades em série, dispostas em lagos, outras com unidades autônomas, em lotes mais generosos. O importante de tudo é o clima, a atmosfera e a qualidade da proposta de planejamento e arquitetura.
Além disso, a experiência de se hospedar no Hotel Fasano Boa Vista completa a percepção de todo o cenário que o condomínio expressa. O hotel tem arquitetura de Isay Weinfeld, mas também há projetos do Márcio Kogan, Gui Mattos, Arthur Casas, entre outros.” 
Confiram em fotos um pouco do que os arquitetos viram. Os registros são do próprio Giovani.
Primeiro, algumas imagens do exterior do projeto.
hotel fasano boa vista - Foto Giovani Bonetti hotel fasano boa vista - Foto Giovani Bonetti hotel fasano boa vista - Foto Giovani Bonetti
hotel fasano boa vista - Foto Giovani Bonettihotel fasano boa vista - Foto Giovani Bonetti

Agora, fotos do interior do hotel Fasano Boa Vista.hotel fasano boa vista - Foto Giovani Bonetti
hotel fasano boa vista - Foto Giovani Bonetti
hotel fasano boa vista - Foto Giovani Bonettihotel fasano boa vista - Foto Giovani Bonetti

Continue Reading