Casa Cor SC 2018 em Itapema reunirá profissionais de diferentes regiões do Estado

A Casa Cor SC 2018, que no momento organiza a temporada de Itapema, espera um público ainda maior do que na edição anterior. A média de visitantes – de 20 mil a cada evento – deve aumentar segundo a organização, já que neste ano tem profissionais confirmados dos municípios de Balneário Camboriú, Chapecó, Florianópolis, Joinville, Itapema, Jaraguá do Sul, Criciúma, Tijucas e Porto Belo. Além disso, tem também profissional vindo de Curitiba, no Paraná.

A mostra Casa Cor SC 2018 em Itapema já tem data: será realizada de 27 de maio a 8 de julho, com mais de 30 ambientes e cerca de 50 profissionais envolvidos. O evento ocorrerá no Beach Place Itapema (Antigo Plaza Itapema).

A edição da Casa Cor SC Florianópolis ocorrerá no segundo semestre de 2018: entre 29 de setembro a 11 de novembro. 

Os franqueados Francis e Luiz Bernardo estão visitando municípios do estado para fazer este convite, pessoalmente. “Todos são bem-vindos para mais uma experiência Casa Cor SC 2018 que, este ano, apresenta o tema A Casa Viva”, afirmam Francis e Luiz.

O imóvel selecionado propõe aos profissionais participantes o desafio de criar em meio à natureza exuberante da costa catarinense. O espaço deve servir como inspiração para que sejam projetados ambientes diversificados como refúgios para receber amigos, familiares e pets.

Confira a lista dos profissionais já confirmados para a Casa Cor SC 2018 em Itapema:

Alexandre Kjellin Voigt
Pedro Tessarollo
Jairo lopes
Laura R. Gransotto
Juliana Marodin Cordeiro
Lia Hermamn
Mateus Spricigo
Tufi Marcelo Mousse
Fernanda Eicke
Linda Martins
Cristiane Araujo
Athos Peruzzolo
Eluize Mendes
Maria Ondina Garcia
Claudia Stach
Daniela Bordignon
Fernando Luiz Dal Bosco
Bruna Martins Zappeline
Mariana Marchiori
Juliana Godoy Gasparin
Tatyana Muller
Maria Angélica Paz de Souza
Cléo Linhares
Suellen Paul
Filipe Milanezi Lima
Liliane Rodrigues
Lucas Fernandes
Carolina Zetermann de Almeida
Bruna Alves
Francielle Iost
Fabiane Folchini
Mariana Maran
Daiana Melo
Lili Golunski
Fabio Pereira Vitorino da Silva
Diogo Amorim Lemos
Leandro Ribeiro Sumar
Juci Perazza
Adriana Piva
Sidnei Machado
Jeferson Branco

SERVIÇO
CASACOR/SC 2018 – Itapema
Quando: 27 de maio a 8 de julho – Terça a Sexta, das 15h às 21h /
Sábado, das 13h às 21h – Domingo, das 13h às 19h.
Onde: Beach Place Itapema – BR-101, km 144, Itapema – SC – (Antigo Plaza Itapema)
Ingressos: Inteira, R$ 40 – Meia, R$ 20 – Passaporte, R$ 100

Continue Reading

Design autoral é o foco da 33ª Paralela em São Paulo

A 33ª edição da feira Paralela Design começa nesta segunda-feira (19). Design autoral é o foco da Paralela em São Paulo. O evento que segue até dia 21 de fevereiro reforça o compromisso de valorizar a produção de design autoral, tanto em peças de mobiliário ou decorativas quanto no artesanato contemporâneo. A curadoria é de Marisa Ota, Daniela Refinetti e Beatriz C. Mauro.

A feira, realizada no Pavilhão da Bienal em São Paulo, promove a geração de negócios e se posiciona como referência em pesquisa para especificadores e profissionais da área, tornando-se um elo importante entre criadores, marcas e compradores, sejam eles pequenos estúdios ou grandes indústrias.

“Esta edição amplia o DNA do design autoral para a indústria, mantendo o vínculo afetivo com o expositor e mercado, em um evento bem distribuído e altamente direcionado”, define Marisa.

Entre os expositores desta edição, estão confirmados nomes como Elisa Atheniense, Filipe Ramos, Claudia Trancon, Cristais C’Adoro, EOS LAB, entre outros. A entrada é gratuita e exclusiva para lojistas e profissionais do setor. O credenciamento pode ser feito aqui.

PARALELA DESIGN
Data: 19 a 21 de fevereiro de 2018
Horário: das 10 às 20h
Local: Pavilhão da Bienal
Endereço: Avenida Pedro Álvares Cabral – Parque do Ibirapuera – Portão 3 – São Paulo – SP
Site: www.paraleladesign.com.br

Designer Luciana Brant – Paralela Design
Fabiana Queiroga – Paralela Design
Juliana Gevaer – Paralela Design
Linha Bloom, Paralela Design, Foto: Renata D’Almeida
Luminária Clips – Estúdio Curioni, Paralela Design
Luminária Roxinha – Foto Carlos Del Bianco – Designer Chico&Hill – Paralela Design
Nara Ota – Paralela Design
Nicole Tomazi – Paralela Design
Qvizuland – Paralela Design
Vaso Cubinho – Foto Carlos Del Bianco – Designer Chico&Hill – Paralela Design

 

Continue Reading

Faça você mesmo bolinhas para criar uma decoração de Natal personalizada

Opa, o Natal já está aí, batendo à porta e mesmo morando sozinha, decidi entrar no clima festivo enfeitando justamente a porta principal aqui do meu casulo. Durante uma das minhas viagens virtuais, encontrei uma inspiração: uma ideia simples e graciosa. Achei a cara do Feito Casulo e decidi colocar a mão na massa. Fui às compras e aqui compartilho com os leitores do blog o passo a passo na criação destas bolinhas feitas com linha de crochê. Que tal uma decoração de Natal personalizada? Ainda dá tempo de fazer. Em dois dias você vê o resultado e se apaixona. Pelo menos, comigo foi assim.

Vamos lá:
Você precisa de linhas de crochê das cores que preferir, cola branca, balões pequenos, barbante natural e dedicação.

Em uma vasinha misture uma quantidade de cola com água. A dosagem é mais ou menos meio copo de cola para um copo de água. A mistura deve ficar mais líquida, porque é nela que você vai molhar a linha. Eu desenrolei pouco a pouco e mergulhei na mistura (sempre uma linha de cada cor por vez e cuidado para não fazer nós e se enrolar toda … rsrsrsrsrs…). Você enche o balão do tamanho que deseja ter a bolinha para a decoração de Natal personalizada e amarra a boca. Lembrando que quanto maior a bola, mais linha vai precisar. Depois, pegue a ponta da linha na cola com água e comece a enrolar no balão aleatoriamente, várias vezes. Se acabou a linha e você achou pouco, molhe mais um pouco do fio e continue o processo. Eu sempre terminei de enrolar procurando deixar o fio junto com a boca do balão. Já finalizava deixando uma quantidade de linha para pendurar o balão para secar. O processo é o mesmo para todas as bolas da decoração de Natal.

Após toda “enrolação” rsrsrsrsrs, pendure os balões em um local que eles possam pingar, deixar o excesso da água sair. Por aqui, foram 24 horas para secagem. Veja se estão todos bem secos e caso sim, vem a parte mais legal: estourar os balões com uma agulha ou ponta de tesoura. É uma sinfonia o barulho do balão desgrudando da linha. rsrsrsrsrsr. Esvaziou, tire ele de dentro da bolinha e pronto.

Em cada bolinha fiz uma alcinha com um tipo de barbante natural, para dar um toque mais rústico. Depois ficou mais fácil unir todas elas para fazer o meu arranho de porta. Fala sério: as bolinhas de crochê deram um charme especial à decoração de Natal aqui no casulo.

Gostaram? Se tiverem alguma dúvida, escrevam aí, deixem comentários, que eu respondo.

 

 

Continue Reading