Portugaria, um cantinho de Portugal no Centro de Florianópolis

Ora, pois.
O que venho fazer aqui hoje? Compartilhar com vocês, leitores do Feito Casulo, a dica de um lugar que conheci faz umas duas semanas, na Rua Vidal Ramos, aquela revitalizada pelos próprios lojistas e que ficou um charme. Vamos conhecer a Portugaria, um cantinho de Portugal no Centro de Florianópolis. Os quitutes são de lamber os beiços. Sinceramente, irresistíveis. Confesso que o tradicional bolinho de bacalhau é o meu preferido entre os salgados, já os pastéis de nata são uma delícia adocicada.

Mas além das maravilhas portuguesas ao alcance da boca, sabe o que é ainda mais bacana? O projeto de interiores é do amigo, o designer Sandro Clemes, profissional que admiro há alguns anos. Os trabalhos do Sandro são verdadeiros, com estéticas simples, porém sempre peculiares, porque ele é criativo, inclusive, com orçamentos enxutos. Aliás, nos dias de hoje, fazer mais com pouco é a máxima. E, na boa, do que acompanho ao longo dos últimos anos ao lado do amigo, este quesito ele tira de letra. Acho que muito vem da experiência na área de cenografia. Ele recebe o briefing, pensa, projeta e com o orçamento em mãos executa, materializa o sonho do cliente.

Com a Portugaria, a primeira loja da marca, foi assim. Sandro Clemes projetou em 13 metros quadrados um espaço com alma portuguesa, desejo dos donos Álvaro, Fábio e Ricardo, legítimos portugueses.

Aqui o amigo e designer nos conta mais sobre a concepção do espaço, pontuando os principais detalhes da decoração: 

A proposta resultante é uma reinterpretação de clássicos da arquitetura de interiores portuguesa em conexão com a estética clean contemporânea. A azulejaria decorativa tão representativa das tradicionais casas lusitanas é a principal referência visual do projeto. A geometria do azulejo quadrado, pura e rigorosa, está sugerida em toda a composição: na  parede de fundo revestida com pastilhas de cor azul marinho e nos lambris azulejados do salão de recepção de clientes. Os quadrados orientam as linhas-mestras do mobiliário planejado, dos bancos para sentar
e nas fotos vintage, de cenas portuguesas (As fotos são das regiões de origem dos três empreendedores: Lisboa, Porto e Aveiro).


Um desafio do projeto da Portugaria foi criar setores com boa circulação e ergonomia num espaço bem reduzido. Áreas de recepção e permanência dos clientes, de atendimento e de operação interna com manipulação de alimentos e armazenamentos diversos eram demandas do negócio. Tirar partido da verticalidade do cômodo e explorar cada centímetro dos vãos horizontais com marcenaria planejada e equipamentos de porte adequado foram as soluções encontradas. Linhas verticais e horizontais contínuas promovem a sensação de ampliação da sala. Alinhamentos de bancadas e elementos que vão do piso ao teto concorrem para o estabelecimento de eixos visuais claros e alongados.

Junto à entrada da Portugaria, o grande espelho sobre a bancada “stop-and-go” alarga o corredor de recepção. Para revestimento das meias-paredes, azulejos de padrão exclusivo, uma cocriação minha com o estúdio de branding Move Design Estratégico. Neles, formas geométricas dialogam com ilustrações dos animais que são fontes de proteína para algumas das iguarias servidas no local. E mais: ganchos nas paredes para pendurar bolsas oferecem maior comodidade aos visitantes.



Em afinidade com a identidade visual da marca, desenvolvida também pela Move, a paleta de cores navega por azuis, branco e tons terrosos. Madeira, metal e cerâmica são as principais matérias-primas presentes no ambiente. A iluminação procura valorizar o brilho dos doces nas vitrines e criar um clima cozy, oferecendo vários cenários possíveis ao setor do salão. O ícone do português com volumoso bigode, posicionado estrategicamente sobre a viga azul que corta o sentido longitudinal da planta, confere uma atmosfera algo pop e descontraída à composição da Portugaria.


O Feito Casulo superindica! O lugar é uma delícia em todos os sentidos. Você pode provar os quitutes por ali mesmo ou então levar para preparar em casa. A Portugaria – que tem a sede de toda produção em São José – vende também os produtos congelados para aqueles interessados em levar um pouquinho de Portugal para casa.

Fotos: Rudi Razador

Continue Reading

Empresa catarinense Milênio Home lança coleção de móveis em São Paulo

Leveza e purismo nos desenhos. Assim são caracterizadas as peças da coleção de mobiliário Dolce Vita, lançadas pela empresa catarinense Milênio Home, em São Paulo, durante a 25ª Abimad. Toda a linha tem assinatura do arquiteto e designer Diogo Giácomo Tomazzi, também de Santa Catarina.  Os móveis são componíveis, o que denota a versatilidade do uso.

Segundo o designer, estética e função se fundem em composições ora geométricas, ora orgânicas. Cantos e pés são arredondados, e os materiais são nobres, a exemplo do cobre, da madeira e mármores italianos.

Estas são as mesas de apoio Uccello. Podem ser usadas próximas ao sofá ou como composição de centro. São executadas com pedras italianas
Mesa de jantar Vita com tampo em MDF estruturado revestido com lâmina pau ferro ou nogueira 

Ainda compõem a coleção Dolce Vita as mesas Legno, Bronzo e Marmo (estão na foto que abre estes post)

 

Fotos Diogo Giácomo Tomazzi, Divulgação

Continue Reading

Loja Infinita, referência no design com Corian, muda de endereço em Florianópolis

Esta é a última semana de operação da Infinita Surfaces na Rodovia SC-401. A loja Infinita, referência no design com Corian, muda de endereço em Florianópolis. A marca, conhecida pelo potencial inventivo em Corian – um material de superfície sólido, não poroso, homogêneo – posiciona seu novo momento com a mudança do showroom na Capital. Dia 23 de fevereiro é o último dia de atendimento na loja do Shopping Casa&Design.

Todos os esforços voltam-se agora para a Infinita Concept, que será inaugurada no final de março, no Centro da Capital, no empreendimento Koerich Beiramar Office (Av. Mauro Ramos, 1970 – Centro, Florianópolis).

A localização privilegiada foi escolhida estrategicamente para facilitar o atendimento aos escritórios de arquitetura, de interiores e consumidores finais.

“Assim como o showroom de Balneário Camboriú, Florianópolis ganha a Infinita Concept. A loja-conceito reúne a linha autoral da marca no design de cubas, acessórios inteligentes e bancadas, e os móveis projetados em coautoria com importantes escritórios, como o Studio Guilherme Torres e o Fetiche Design”, destaca Deise Meinert, diretora executiva da Infinita.

A técnica construtiva primorosa, que soma a marcenaria às habilidades no processamento do Corian amplia os processos e estruturas do mobiliário.”Nosso negócio nasceu da marcenaria, segmento no qual atuamos até 2002, quando substituímos a madeira pelo Corian. Nos últimos anos praticamos a junção das técnicas, a inclusão de outros materiais, o que resulta em um custo-benefício interessante para os projetos. Também temos total transparência na relação com o cliente,  e grande responsabilidade no uso das matérias-primas. Nosso papel também é evitar o desperdício e garantir a melhor aplicação dos materiais para cada caso. É uma consultoria completa”, acrescenta.

Fotos: Mariana Boro
Continue Reading