“Estar nas nuvens”: Gabriel Bordin convida ao descanso com o ambiente Cloud Nine na CASACOR SC

Na edição 2019 da CASACOR SC em Florianópolis, Gabriel Bordin fortalece ainda mais a assinatura como um arquiteto conectado com o morar contemporâneo e os desejos de sua geração.

Com Cloud Nine, o quarto que também se transforma em estar, ele externa a versão pessoal – e de sua jovem equipe – do que reconhece como o espaço de descanso e aconchego. O nome nasceu da expressão “to be on cloud nine”, traduzida livremente como “estar nas nuvens”.

Esse sentimento aparece essencialmente a partir da cama Nuvem, criação autoral de Gabriel em parceria com a grife de colchões Reveev, patrocinadora do ambiente. Fugindo dos padrões nacionais, a peça foi desenvolvida propositalmente mais baixa, como um convite acessível ao relaxamento, além de criar um volume menos massivo na composição.

A parceria ainda rendeu o inusitado e grande painel retroiluminado feito de molas ensacadas – “a alma do colchão” – cuja superfície translúcida e orgânica enfatiza a sensação de estar flutuando no céu. De estar entre as nuvens. Como expressão imagética de suas ideias, o profissional optou por cores claras, que não fogem dos tons de nude e das escalas de cinza.

Dominante, o branco cru assume o papel de protagonista da paleta, enquanto estratégicos pontos pretos se destacam. Assim como o pórtico amadeirado que emoldura a janela e cria um pequeno living diante do dormitório, ofertando a luz necessária à beleza da jabuticabeira escolhida para trazer natureza ao concreto.

Para o piso, o porcelanato amadeirado. No mobiliário, peças assinadas como a poltrona Jangada, de Jean Gillon; a cadeira Julieta, de Gustavo Bittencourt; a mesa Caê, de Fernando Mendes; e, em mais uma criação autoral de Gabriel, um biombo em vidro jateado e serralheria branca também faz as vezes de cabeceira.

Entre as obras artísticas, produções de Sérgio Lucena, Ricardo Homem, Henrique Savas e Sabrina Bordin Sirino. Detalhe dos detalhes, um poema de Yoko Ono pode ser encontrado em algum lugar do ambiente, onde também repousa, sobre a mesa ao lado da cama o relógio do avô do arquiteto, presente em todas as participações na mostra.

Já o armário branco, feito para criar o efeito de “estar voando”, ganha o contraponto com o grande bloco de mármore carrara que em sua composição traz as cores do ambiente como num espelho das nuvens.

Gabriel Bordin desenhou a cama Nuvem, mais baixa propositalmente, um convite ao relaxamento

Diante do conceito Planeta Casa, proposto como guia da CASACOR neste ano a partir da tríade sustentabilidade, tecnologia e afeto, Bordin se apropria naturalmente do tema. “O espaço foi pensado para gerar o mínimo de desperdício possível através das pontuais intervenções construtivas, uma vez que todas as benfeitorias deverão ser retiradas ao final da mostra. O mobiliário foi todo projetado e executado em uma modulação que facilita a adaptação em outros projetos posteriormente, reduzindo as sobras pós-evento”, conta.

O painel de molas ensacadas se tornou uma solução prática ao dispensar a produção de uma parede que não vai durar mais dos que os 45 dias de exibição da mostra. E cerca de 75% destas molas poderão ser reaproveitadas. O arquiteto ainda optou por deixar o teto em sua forma original.

Fotos Fabio Jr. Severo
Texto: Comunicação Gabriel Bordin

Agende-se

O QUÊ: CASACOR Santa Catarina/Florianópolis 2019
QUANDO: 15 de setembro a 27 de outubro – Terça a Sexta, das 15h às 21h
Sábados e feriados, das 13h às 21h – Domingo, das 13h às 19h. O evento não abre às segundas-feiras.
ONDE: Empreendimento Cidade Milano (Av. Mauro Ramos, 1512, Centro, Florianópolis). Estacionamento no local.
INGRESSOS: R$ 50 / R$ 25 (meia, necessário comprovante)
https://casacor.abril.com.br/mostras/santa-catarina/

Continue Reading

Ana Luiza Tomazi e a beleza do imperfeito na CASACOR SC 2019

A arquiteta Ana Luiza Tomazi, 29 anos, acaba de estrear na CASACOR SC Florianópolis. Mas, além de mostrar o projeto do quarto Unplugged, a profissional também levanta um debate em tempos de excessos nas redes sociais.

“A inspiração surgiu por meio de uma reflexão pessoal sobre a necessidade que temos de provar, expor e parecermos perfeitos nas redes sociais. Muitas vezes, o espectador encara aquele conteúdo como verdade absoluta, esquecendo de trazer para sua realidade o que é essencial e o que faz sentido para sua vida”, afirma Ana Luiza.

O dormitório, segundo a profissional, foi pensado para um jovem casal com uma rotina profissional acelerada. Para criar o espaço de puro relaxamento, Ana imprimiu um pouco da filosofia japonesa Wabi Sabi, de aceitar a imperfeição e aproveitar ao máximo a vida. Wabi é definido como “simplicidade rústica” e Sabi é “ter prazer no imperfeito”. Com isso, a arquiteta explorou os materiais naturais, a assimetria nas formas, as texturas e os volumes do ambiente, que tem 22 metros quadrados.

O teto arredondado foi feito em gesso e a pintura remete ao concreto aparente. Nas paredes, foram utilizadas lâminas de madeira natural diferentes e não-uniformes. O revestimento para parede, que comporta uma estante ligada ao armário de duas portas de palha e madeira, foi escolhido por ser irregular, tanto nas bordas quanto no tom de cada peça.

O verde da cômoda é o único ponto de cor mais intenso da paleta, que explora o cru e o natural. Os tecidos utilizados nas cortinas, na roupa de cama e nos sofás são linho, que são mais sustentáveis e causam menos impacto ambiental. O tapete kilim é confeccionado manualmente.

A iluminação é controlada por automação e dimerizada, criando diferentes cenários. O projeto luminotécnico minimalista foi feito em parceria com a arquiteta Francine Cardoso, e prioriza a luz indireta, sem pontos no teto, proporcionando assim um espaço aconchegante e confortável.

O décor também segue a linha despretensiosa, com livros dispostos na estante e quadros, presos e apoiados nas paredes.

“O debate que proponho aqui é importantíssimo, principalmente para que as novas gerações compreendam o conceito. Somos uma geração despreparada de opinião para esse universo. Não sou contra redes sociais nem influenciadores, pelo contrário, acho que precisamos ter consciência e domínio do que queremos ser em vez de criar expectativas que poderão se transformar em frustrações”, analisa.

Fotos: Mariana Boro
Texto: Comunicação Ana Luiza Tomazi

Agende-se

O QUÊ: CASACOR Santa Catarina/Florianópolis 2019
QUANDO: 15 de setembro a 27 de outubro – Terça a Sexta, das 15h às 21h
Sábados e feriados, das 13h às 21h – Domingo, das 13h às 19h. O evento não abre às segundas-feiras.
ONDE: Empreendimento Cidade Milano (Av. Mauro Ramos, 1512, Centro, Florianópolis). Estacionamento no local.
INGRESSOS: R$ 50 / R$ 25 (meia, necessário comprovante)
https://casacor.abril.com.br/mostras/santa-catarina/

Continue Reading

Loft criado por Juliana Pippi leva visitante da CASACOR SC 2019 “pra perto do mar”

Em mais uma participação na CASACOR / Santa Catarina, a arquiteta Juliana Pippi usa e abusa das texturas e tons das dunas e fibras naturais e aproxima os visitantes “pra perto do mar”.

O mar sempre esteve próximo, sempre foi íntimo. Parte de quem é, não só paisagem para os olhos. O mar sempre embalou seu corpo, acalmou seus dias, faz ela lembrar de respirar fundo e olhar longe, pra frente.

A relação à beira, na faixa da areia, envolve a arquiteta Juliana Pippi por toda a vida. Ela traz essa conexão para o Loft “Pra Perto do Mar”, nesta edição da CASACOR / SantaCatarina em Florianópolis, onde recria as sensações por meio dos tons, texturas e tramas. O sentimento é de calmaria e leveza.

“Tenho uma relação forte com o mar, com o vento e com as areias das praias. Nasci perto dele e sempre que posso recarrego minha energia. Tenho a paisagem do mar constantemente em minha vida e em meus projetos. Costumo dizer que minha arquitetura é somente uma moldura para as paisagens dos projetos que faço. As texturas e cores das dunas, falésias e beira do mar me inspiram”, comenta a profissional.

Layout fluído

O Loft “Pra Perto do Mar” contempla a rotina em 135 metros quadrados totalmente conectados. Cozinha e sala de banho são marcados por um grande portal arquitetônico revestido por tijolos off-white. Toda marcenaria projetada pela arquiteta exibe elementos naturais, pensados para evidenciar a sensação de frescor e leveza.

Como no caso das portas pivotantes, que delimitam a sala de banho dos demais ambientes do loft. A delicadeza da palha natural reveste totalmente o “Wall Closet”. Na cozinha a mesa “All White” e o Frame em granilite são de autoria da arquiteta para o loft.

Parede, vigas e pilares são envolvidos por material sustentável, o cimentício é produzido a partir do aproveitamento dos resíduos de pedras naturais. O living, aberto e fluído, revela o jogo de composição idealizado pela arquiteta. Sombras e sobreposição das tramas são projetadas nas superfícies do ambiente de acordo com a passagem de luz.

Pura poesia!

Artistas convidados como Kiolo, Victor Collor e Thomaz Velho assinam obras de arte exclusivas para o espaço. “Manuscrito” de Clara Fernandes e as sobras têxteis de Pedro Luis expressam narrativas, enquanto o trabalho precioso dos artesãos da Ilha do Ferro fazem relação com as comunidades ribeirinhas.

Na curadoria do mobiliário, objetos e luminárias, Juliana apresenta peças de Domingos Tótora com uma paleta inédita no banco vereda. O designer Jader Almeida traz desenho exclusivo da bancada da sala de banho. AnaNeute, Maneco Quinderé, Guilherme Wentz, Irani Rigaud, Estúdio Iludi, Paolo Rizzatto, Larissa Diegoli, Marcelo Ligieri e a estilista Lu Andrade complementam o ambiente com suas criações.

Juliana Pippi projetou o Loft pra perto do mar, um ambiente de 135 metros quadrados, para a CASACOR SC 2019 em Florianópolis

Fotos Mariana Boro
Texto: Comunicação Juliana Pippi

Agende-se

O QUÊ: CASACOR Santa Catarina/Florianópolis 2019
QUANDO: 15 de setembro a 27 de outubro – Terça a Sexta, das 15h às 21h
Sábados e feriados, das 13h às 21h – Domingo, das 13h às 19h. O evento não abre às segundas-feiras.
ONDE: Empreendimento Cidade Milano (Av. Mauro Ramos, 1512, Centro, Florianópolis). Estacionamento no local.
INGRESSOS: R$ 50 / R$ 25 (meia, necessário comprovante)
https://casacor.abril.com.br/mostras/santa-catarina/

Continue Reading