Festival Subtropikal traz dias de criatividade urbana para Florianópolis

Subtropikal é uma plataforma que há dois anos provoca conexões entre iniciativas criativas na cidade de Curitiba, no estado vizinho. Agora, após o sucesso da terceira edição do festival no Paraná, que recebeu mais de 5 mil pessoas, é a vez de Florianópolis. O festival Subtropikal fará a sua estreia na Capital catarinense nos dias 2, 3 e 4 de novembro.

A abertura oficial está programada para o espaço da Lona Criativa, na sexta-feira, dia 2. Já no final de semana, as atividades serão realizadas nas dependências do Square Lab, espaço concebido pelo Centro Sapiens, anexo ao Museu da Escola Catarinense da Udesc (MESC), no Centro de Floripa.

Com acesso gratuito, o festival Subtropikal traz “dias de criatividade urbana” para Florianópolis. Na agenda do evento, uma ocupação inédita com instalações de arte, um bazar de marcas autorais com apoio do Nomad Mercado, feira gráfica Parque Gráfico – Pocket
Edition, comidinhas, área de lazer com oficinas para todas as idades e o Palco Sol, onde apresentam-se diversas atrações musicais.

Como o Subtropikal tem caráter provocativo em sua essência, bate-papos sobre temas diversos como a revitalização do Centro da Capital, arte urbana, inovação também fazem parte da programação que é de graça.

Oficinas e workshops:
Para quem deseja se aprofundar em habilidades criativas, o Subtropikal apresenta workshops de lettering em giz, upcycling, intervenção urbana, coolhunting, branding digital e uma mentoria para marcas de moda e design. Inscrições estão abertas neste link aqui: (esta programação tem valores a parte)

Uma deles é o Laboratório de Criadores, voltado para designers iniciantes, e que será ministrado por Ana Penso. Os participantes passarão por quatro workshops e várias consultorias, durante dois dias de evento. Será uma oportunidade inédita de testar novos conhecimentos, durante o treinamento, com consumidores reais. As marcas selecionadas vão receber treinamento para lançar, melhorar ou turbinar seu negócio. Assuntos abordados: TÉCNICA DE VENDAS, ORATÓRIA, VISUAL MERCHANDISING, MIX DE PRODUTOS, PRECIFICAÇÃO, PERFUME E VOZ DA MARCA, BRANDING E COMUNICAÇÃO COM O CLIENTE ANALÓGICO E DIGITAL.
Além desses quatro workshops, a designer Ana Penso estará presente em diversos momentos, nos dois dias, para ajudar a praticar o conteúdo. A ideia é uma imersão no mundo do design de varejo, com informações valiosas para quem esta mergulhando de cabeça nesse oceano de incertezas.

Ana Penso é designer de produtos e moda, professora de design com métodos disruptivos, e maker. Mentora no programa acelerador de marcas da Aldeia, organizadora do evento Feira na Rosenbaum + ÔDA design club em Curitiba, consultora de pequenos negócios de design, designer autoral da marca Crânios Cabeludos e grande entusiasta da ebulição do design, como progresso cultural, em Curitiba.

Quem faz o Subtropikal Florianópolis?
A programação do festival é construída em um processo colaborativo que envolve cocriadores de movimentos criativos presentes dentro da capital catarinense: Allen Rosa (DJ e produtor cultural), Bruno Bez (artista visual), Camila Petersen (produtora cultural e fundadora da Parque Gráfico), Mariana Amorim Werner (universitária), Silvia da Luz (Social Good Brasil) e o professor Luiz Salomão Ribas Gomes (Centro Sapiens).

Nesta primeira edição o evento dá início à revitalização do espaço Square Lab, deixando um legado para a cidade de Florianópolis. A Sol é a cerveja oficial do Subtropikal, que tem o patrocínio da RedBull.
Mais informações: www.subtropikal.com

Continue Reading

Dimas Construções aposta em estacionamento funcional e criativo no Centro de Florianópolis

Quem não gosta de ideias criativas e, melhor, que facilitam o dia a dia, tornando a rotina mais prática e agradável? Soluções que ajudam a resolver atividades diárias de forma simples são sempre bem-vindas.

Pensando justamente em oferecer praticidade, comodidade e segurança àqueles que trabalham ou moram na região central da cidade, a empresa Dimas Construções criou um estacionamento funcional e bastante criativo, no Centro de Florianópolis. A localização é estratégica. O FS Parking – projeto da arquiteta Beatriz Zeglin – está inserido no complexo do D/One (torre residencial) e ACATE Downtown, nos Altos da Rua Felipe Schmidt, próximo ao Parque da Luz.

Vagas para carros elétricos
O FS Parking tem 170 vagas para carros, motos, bicicletas
O estacionamento oferece várias funcionalidades: o espaço destinado às bicicletas ou magrelas, apoiam a mobilidade de quem mora ou trabalha no Centro de Florianópolis

O conceito de cidades inteligentes, que têm soluções simples para problemas do dia a dia das pessoas, inspirou um grupo de investidores, liderados pela empresa Dimas Construções, a lançar o FS Parking. O empreendimento, inspirado na iconografia do metrô de Nova York, criada nos anos de 1970 pelo designer Massimo Vignelli, já está operando. O espaço pretende funcionar como um grande hub de serviços, além de oferecer suporte à mobilidade numa região com inúmeros escritórios.

O estacionamento tem vagas para 170 veículos, onde é possível estacionar carro, moto ou bicicleta. E mais: o espaço tem banheiro no gender (sem gênero), oferece ducha, local para reuniões rápidas (no estacionamento mesmo), área para carregar o celular e até um cantinho aconchegante para tomar um café. Tem ainda vaga para carro elétrico (com ponto de carregamento), sistema inteligente de acesso do veículo com reconhecimento de placa e pagamento por aplicativo.

O FS Parking funciona como um hub de serviços
O estacionamento tem banheiro no gender (sem gênero), ducha, espaço para cafés, reunião

“As soluções inteligentes para problemas urbanos, como a falta de mobilidade, estão sempre surgindo e se renovando. Nossa intenção é melhorar a vida das pessoas que moram ou trabalham no Centro, agregando coisas muito simples, como um local onde podem carregar a bateria do celular, guardar sua bicicleta com segurança ou mesmo tomar uma ducha para ir trabalhar. Em breve, queremos agregar novos serviços nesse espaço”, disse Fabrício Schveitzer, diretor de Operações da Dimas Construções.


Fotos Paulinho Sefton

Continue Reading