Catarinenses do Studio CASAdesign assinam a Casa OAK 02 na CASACOR São Paulo 2019

Um olhar contemporâneo e simbólico sobre o morar. Este é o conceito que os designers Salvio Moraes e Moacir Schmitt, os Jrs., do Studio CASAdesign, apresentam no projeto da CASA OAK | 02, na CASACOR São Paulo 2019.

Uma residência completa de 185 m², ladeada por um jardim externo, assinado por Kalil Ferre Paisagismo. Aliás, o espaço rendeu a capa da revista CASACOR São Paulo 2019.

Para o projeto arquitetônico, a dupla incorpora 60m² de área construída às icônicas marquises do Jockey. A construção conta com um amplo living, uma cozinha e sala de jantar integrados, uma confortável suíte, e um bucólico jardim externo, que reforça a atmosfera de refúgio, pertencimento, além da sensação de estar por inteiro em uma casa.

Por isso, o teto e todas as paredes são revestidos em lâminas de carvalho natural. E é justamente dessa característica marcante que vem o nome do projeto: OAK, que em inglês significa carvalho. Criando uma dualidade cromática com a cor clara e amendoada da lâmina da madeira, o piso apresenta um aspecto de limestone originário da Bélgica, de um azul tão intenso que proporciona uma ilusão ótica que brinca com o olhar, fazendo-o parecer preto com variações em cinza escuro. Para uma atmosfera mais rústica, os profissionais utilizaram a modularidade do formato 20×20 com bordas irregulares.

Aliada à essa combinação, placas onduladas metálicas reaproveitadas foram utilizadas nas divisórias do dormitório e do banheiro, conferindo um visual industrial, elegante e moderno, reafirmando o caráter sustentável do espaço.

Fachada brutalista

A fachada da casa é um capítulo à parte: foi construída no estilo brutalista, com apenas um recorte de parede que forma um ângulo interno, surgindo dali a porta do ambiente, que convida os visitantes a conhecerem o espaço. A entrada também surpreende pela volumetria criada por meio de modernos tijolos, que têm uma proposta handmade, textura rústica e um leve brilho metalizado.

Na sala, um muxarabi emoldura uma linda cena. O mobiliário, com muitas peças produzidas artesanalmente, é minimalista com proporção equilibrada. A composição com tecidos claros, lâminas de madeira natural e peças em madeira rústica quebram o aspecto frio do industrial, tornando o ambiente mais acolhedor. Além destes elementos, a produção do ambiente chama a atenção com peças únicas e feitas à mão de diferentes origens e etnias, como Timor Leste e da Ilha de Bornéu (na Ásia), de Benin (Nigéria/África), da Turquia e das Filipinas, que trazem uma forte carga emocional ao ambiente.

Outro ponto de destaque são as obras de arte que pontuam o espaço, como uma grande pintura do artista João Di Souza e as caixas de Luisa Malzoni; a arte nordestina, que se faz presente através de Ramonn Vieitez; e a artista catarinense Fabiana Langaro Loos, um dos grandes talentos da cena abstrata das artes plásticas. Obras visualmente fortes, que ligam o ambiente à grandiosidade da natureza. Enfim, arte que inspira e atrai todos os olhares, pois retratam aspectos humanos do nosso cotidiano.

Construção sustentável

Explorando o conceito de sustentabilidade, os profissionais se valeram muito do recurso de luz natural, utilizando pouquíssimos pontos de iluminação em led para gerar economia de energia. Além disso, toda madeira usada no espaço é certificada e a construção é seca, feita em drywall. Tudo isso para reduzir os impactos ao meio ambiente.

O jardim assinado pela dupla de paisagistas Mauricio Ferre e Elaine Kalil segue à risca o estilo do ambiente. Plantas tropicais exploram a brasilidade e permeiam todo o espaço, trazendo uma atmosfera acolhedora e uma identidade visual marcante.

“Esta é a CASA OAK |02, um espaço para descanso, convívio e contemplação, para quem gosta de curtir a casa, receber amigos, ouvir um bom som e comemorar os bons momentos que a vida proporciona em harmonia com o lar […] É realmente um olhar contemporâneo do morar. Sinta-se em casa”, afirma Moacir Junior.

CASACOR São Paulo 2019
Data: 28 de maio a 04 de agosto de 2019
Horários: Terça a sábado e feriados, das 12h às 21h. Domingo, das 12h às 20h
Local: Jockey Club de São Paulo – Av. Lineu de Paula Machado, 1075 – São Paulo

Fotos Denilson Machado

*** Texto produzido com informações da assessoria de imprensa do escritório Studio CASAdesign

Continue Reading

NCD Floripa realiza curso gratuito de História da Arte para arquitetos e designers

O tema do Moderno ao Contemporâneo será abordado pela educadora Carolina Votto, em quatro aulas ao longo de 2019. A primeira, sobre Vanguardas Artísticas Europeias, ocorre no dia 23 de maio

O primeiro módulo da 2ª edição do curso de História da Arte, oferecido pela Regional Floripa do Núcleo Catarinense de Decoração (NCD), já foi lançado e está com inscrições gratuitas abertas pelo link bit.ly/HistoriaArteNCD.

A convite, a professora da UFSC, Carolina Votto, mestre em Teoria e História da Arte, dá continuidade ao projeto com foco na geração de conteúdo, principalmente direcionado aos profissionais de arquitetura, decoração e design, além de jornalistas do segmento e artistas. Do Moderno ao Contemporâneo é o tema proposto e que será esmiuçado pela educadora em quatro módulos ao longo deste ano. A aula inicial será no dia 23 de maio, às 9h, na  Mosarte & Co Floripa, na Capital, sobre Vanguardas Artísticas Europeias, com passagens pelo cubismo, futurismo, expressionismo, dadaísmo e surrealismo.

“Iremos versar sobre a arte do início do século XX. Abordar as diferentes escolas artísticas que se apresentaram no início desse século é de fundamental importância para a construção de um repertório artístico. Para isso iremos conversar sobre a estética de artistas como Paul C`ezanne, Édouard  Manet, Claude Monet, Pablo Picasso, Berthe Morisot, René Magritte, Remedios Varo, Leonora Carrington, Salvador Dalí, Kurt Schwitters, Meret Oppenheim”, pontua Carolina.

Cada módulo do curso é independente, ou seja, o público pode participar de todas as aulas ou da que tiver maior interesse. Até o fim do ano serão mais três, com datas ainda a definir. O bloco 2 vai abordar a ‘Arte Moderna, Pós-moderna e Contemporânea’; o bloco 3 trará ‘O início do século XXI com as Ressonâncias entre Arte, Arquitetura e Tecnologia’ e, por fim, o bloco 4 destacará a ‘Estética e Arte Contemporânea’. Toda a programação da agenda pode ser acompanhada nas redes sociais do NCD Floripa (@ncdfloripa).

A relação da arte com a arquitetura foi o que norteou a iniciativa oferecida pela entidade na Capital. A atual gestão sentiu a demanda e fez uma experiência. Na estreia do curso em 2018 foram 70 participantes, durante os quatro dias de aulas. A arquiteta Maria Isabel Patrício da Silva, do Studio Methafora, participou de todas e já aguarda as próximas.

“O tema abordado me encanta muito. Creio que a arte está intimamente ligada à nossa profissão, seja no apreço à estética ou momento histórico que se traduz na nossa produção”, ressalta a profissional.

A arquiteta Radigiane Modernel também esteve presente em três módulos e compartilha da mesma impressão: “A professora aborda os temas de maneira muito didática, com muitos exemplos, prende a atenção quando explana o conteúdo, deixando gostinho de quero mais.”

Investir em ações como esta, que geram e disseminam conteúdo relevante para a cadeia da decoração, é uma das frentes da atual gestão do NCD Floripa.

“Ficamos muito felizes com o resultado do curso. Foi um sucesso. Hoje em dia as pessoas não têm mais tempo. Por isso, querem eventos, iniciativas que agreguem, somem de alguma forma, seja no seu processo pessoal ou profissional. Acreditamos que ações que envolvam conteúdo têm ótima aceitação do público”, destaca a diretora do NCD Floripa, Marcia Maurano.

SERVIÇO

Curso de História da Arte – Do Moderno ao Contemporâneo

Tema: Vanguardas Artísticas Europeias
Quando: 23 de maio (quinta-feira), das 9h às 11h30
Onde: Mosarte & Co Floripa – Square SC – Trevo do Cacupé
Inscrições gratuitas: bit.ly/HistoriaArteNCD

Foto deste post: Object (Le Déjeuner en fourrure), de Meret Oppenheim – Data: 1936

Continue Reading

ExpoRevestir 2019: marcas de SC apresentam seus lançamentos

Profissionais da arquitetura e decoração de todo país estão em SP para conferir as novidades da 17ª edição da ExpoRevestir – maior e mais importante feira do setor de revestimentos e acabamentos da América Latina – e que encerra nesta sexta-feira, dia 15. Circuito obrigatório no mês de março para quem quer conhecer o que está por vir neste mercado que investe em inovação e tecnologia. Não por menos o evento é conhecido como a fashion week da arquitetura. Além de apresentar as principais tendências, trazer conteúdo por meio de palestras, exposições interativas e instalações, a feira é um palco para negócios, local para ampliar e estreitar contatos diretamente com fabricantes.

A ExpoRevestir 2019 ocupa 40 mil metros quadrados do Transamérica Expocenter com cerca de 200 expositores – mais de 40 marcas internacionais – dos setores de cerâmicas, louças sanitárias, metais para cozinhas e banheiros, rochas ornamentais, laminados, madeiras, mosaicos, cimentícios, vítreos, máquinas, insumos e soluções especiais.

Santa Catarina não poderia ficar de fora, afinal, o Estado tem empresas do segmento que são referência mundial no mercado cerâmico e de porcelanato. Por isso, aqui, vou dividir com vocês alguns dos lançamentos apresentados por algumas dessas empresas nesta edição da ExpoRevestir. Vamos lá!

Portobello – Coleção In Your Dreams. In Your Home

Paysage Nature​: a linha apresenta a azulejaria interpretada com tecnologia e design, com o uso da serigrafia para estampar as peças em uma versão com impressão digital e pigmentos de última  geração. Uma tradução da “natureza em casa” com a grande  diversidade de desenhos botânicos que formam painéis decorativos. O azul do céu e do mar e o verde dos jardins e florestas reforçam a  presença da natureza no design de interiores.

Paysage Nature

Puro: co-criação com Cecilie Manz, designer dinamarquesa, eleita em 2018 pela Maison & Objet, como a profissional do ano, que tem como princípio criativo conhecer todas as características do material, técnicas e tecnologias disponíveis no processo produtivo e, a partir daí, propor algo minimalista, mas que desafia os limites, tanto do material, quanto da técnica. Puro é a cerâmica artesanal, moldada à mão, cortada com os artefatos usados pelos artesãos e artistas. Cecilie define como: “Uma composição com o mínimo: somente o suficiente. Texturas microscópicas sutis, flexíveis, diferenças de altura arquiteturais e organizadas”. Puro possibilita texturas, superfícies, cartela de cores e composições que se transformam em matéria-prima para ambientes que combinam sofisticação máxima, traduzida em simplicidade.

Puro – co-criação com a designer dinamarquesa Cecilie Manz

Dentro da Officina Portobello, quando são desenvolvidos produtos diversos para mobiliar a casa a partir da arte da porcelanateria, também tem novidades. O catarinense Jader Almeida assinou a coleção Sonatta.

A série de peças é composta por mobiliário para banheiros e lavabos. A matriz desse objeto em porcelanato recebe recipientes, apoios e acessórios em madeira, metal ou vidro, que, além de gerarem uma solução customizada, possibilitam que ela seja atualizada em qualquer momento. É uma composição interativa e sempre aberta a novas possibilidades.

Cuba da coleção Sonatta, assinada por Jader Almeida


Cerâmica Portinari – Coleção Joy MZ

A grife apresenta 175 produtos distribuídos em 29 coleções. Entre as novidades, o destaque é a coleção Joy MZ, assinada pela arquiteta Marília Zimmermann. Com a forma geométrica de losango, formado por dois triângulos equiláteros, esta coleção alegre tem a textura granulada do papel usado para pintura em aquarela. São diferentes tonalidades em tom pastel que podem ser usadas tanto na parede quanto no piso.


Eliane Revestimentos – conceito Liberdade Criativa

Alicante – O azulejo extrai as tonalidades presentes na histórica Alicante – cidade espanhola emoldurada pelo mar Mediterrâneo e com arquitetura retrô preservada – para criar uma paleta cromática mais saturada, intercalando a dualidade de cores quentes e frias. Estes tons são transportados para as superfícies cerâmicas em formatos retilíneos que prestam referência ao passado, mas de modo contemporâneo.

Coleção Alicante

Vibra Hexa Amarelo – O azulejo artístico conecta a alegria e a vivacidade da cor amarela – principal tonalidade do conceito Liberdade Criativa – ao lúdico padrão geométrico contínuo em hexagonal, resultando em uma estética contemporânea em paralelo a um mood mais otimista e vibrante.

Vibra Hexa Amarelo

Noronha Jade – Inspirado na beleza e translucidez das águas que banham a paradisíaca ilha tropical, a cerâmica mescla diferentes nuances verde azuladas que exploram o frescor da região costeira de Fernando de Noronha, em uma releitura da serenidade praiana. A cerâmica de pequeno formato volta aos holofotes da decoração – a novidade mede 7,5×7,5cm –, possibilitando maior variedade de paginações, indo de paredes a piscinas.

Noronha Jade


Cerâmica Elizabeth – coleção Conexão Humana

Oxi Porcelanato HD Polido e HD Polido Matte: A linha Oxi faz referência ao concreto e ao metal, materiais presentes no meio urbano e em plena evidência nas paginações da arquitetura moderna. Os materiais com a aparência desgastada pelo tempo ganham espaço no design industrial e se revelam nos tons Black, Corten, Coffee, Gray e Bone. A possibilidade de ter produtos nos acabamentos HD Polido e HD Polido Matte nessa linha oferece diferentes oportunidades de composição personalizadas, com texturas brilhosas, foscas ou até intercaladas.

Oxy Corten HD Polido no piso e Oxy Corten HD Matte nas paredes

Panda Porcelanato HD Polido: uma das principais apostas da cerâmica Elizabeth nesta edição da ExpoRevestir exalta o clássico contraste do preto com o branco em um design contemporâneo, tendência com forte presença nas principais mostras de design da Europa. Versátil, o produto cabe com perfeição em ambientes modernos e retrô, em pisos, paredes ou bancadas.

Panda Porcelanato HD Polido


Ceusa Revestimentos – conceito Cada Casa é um Caso

Mosaico Era e Mosaico Trama Lisboa – Traduzir as aspirações individuais de conforto, levando sempre em conta as cores, texturas e formatos variados, onde a imponência visual é revelada sob diversas formas e linguagens estéticas. Desta forma a Ceusa trabalha o conceito “Cada casa é um caso”. Entre os lançamentos no mercado nacional estão a estética natural e imperfeita da linha de mosaicos. Neste segmento as novidades são os Mosaicos Era, assinado pela arquiteta catarinense Juliana Pippi (que apresentou o produto no ambiente da Mostra CasaCor SC Florianópolis 2018) e o Trama Lisboa, assinada pelo arquiteto pernambucano Osvaldo Tenório.

Mosaico Era por Juliana Pippi. Lançado na CASACORSC Florianópolis 2018
Foto: Mariana Boro
Mosaico Trama Lisboa por Osvaldo Tenório
Mosaico Trama Lisboa Bege

InvertidoUm produto que segue a tendência americana na decoração e cria lindos painéis de pequenas tijoletas, permitindo variadas amarrações nas cores preto, branco, fendi e verde, agora na versão acetinada.

Invertido verde
Continue Reading