Jardim Estar é o projeto de Ana Trevisan para a CASACOR SC Florianópolis 2018

Esta é a oitava participação da arquiteta Ana Trevisan na CasaCor SC Florianópolis. Desta vez a profissional projetou o Jardim Estar, um espaço de passagem. A integração entre os ambientes se dá por meio de uma escada ampla, com patamares irregulares e que foi moldada no local. “Nos inspiramos na arquitetura modernista: o concreto bruto, que em sua forma nua e crua – sem pintura nem revestimento – enaltece a beleza do imperfeito, na essência da sua forma.”

Apesar de ser um espaço inclinado de passagem, o local poderia ser um belo convite ao passeio. Por isso, em um dos degraus foi criado um prolongamento que forma um banco, justamente para convidar as pessoas para uma pausa, um momento para se estar, relaxar, sentar e ouvir os sons, movimentos, cores e texturas do jardim.

Na área de 300 metros quadrados, uma escultura de Marta Berges, chamada Abstração de um olhar, dá as boas-vindas aos visitantes. Uma criação tridimensional e com movimento, confeccionada em módulos de compensado naval. A peça é uma desconstrução da paisagem, inspirada nas curvas, insinuando a baía de Santo Antônio, na água do mar, na areia, nos morros verdes e no céu.





Na parte superior da escada foi planejado um espaço embaixo das únicas árvores que já estavam presentes no terreno, dois exemplares de espatodeas (Spathodea campanulata). Sob às arvores Ana criou um recanto aconchegante, onde o balanço de madeira relembra a infância e os pufes convidam para a permanência. O charme, ou cereja do bolo, fica com as casinhas de passarinho, as Gotinhas Birdhouse, criadas pelo Studio Lattoog.

Não passa despercebido o projeto luminotécnico que destaca a escada, onde foram acoplados aos degraus perfis metálicos com fitas de LED, resistentes à umidade, para indicação e iluminação da passagem. Nas demais áreas do jardim foi criada uma luz agradável aos visitantes com o cuidado de não causar danos à vegetação. Nas árvores maiores foram posicionados up-lights para ressaltar as copas, possibilitando também uma sensação de monumentalidade.

E não para por aí: o projeto de Camila Petersen e Fábio Yokomiz, Somos Parte da Paisagem, traz, na forma de lambe-lambe aplicada nos degraus da escada, histórias reais que se conectam com o bairro de Santo Antônio de Lisboa, provocando um olhar sensível e afetivo sobre o local. Essa ação, segundo a arquiteta, nos lembra de que a cidade é feita primordialmente de pessoas e de suas histórias, sejam elas bonitas, trágicas, engraçadas ou por vezes banais.



Vegetação escolhida

A vegetação entrou de forma orgânica, invadindo os degraus. A escolha de espécies vegetais tropicais para composição dos canteiros levou em consideração as indicações para projetos desenvolvidos em áreas inclinadas. “Exploramos a composição vegetal de mesma família ou por similaridade no aspecto, como fórmios, liriopes, dianellas, cicas e dracenas, trabalhando as alturas, texturas e contrates das cores das folhagens: verde, variegata e rubro”, explica Ana.

O posicionamento das plantas nos canteiros de linhas curvas, permeia a escada e as bordas do espaço. Destaque para as espécies adultas  de Cycas circinallis, com beleza elegante e escultural, que ganharam atenção especial, formando um conjunto de nove indivíduos com troncos simples e duplos.

Contracenam com o Jardim Estar os tons de azuis, que aparecem nos pufes, no balanço e na obra de arte. Combinados às cores das plantas, trazem uma proposta contemporânea.

*** Texto produzido com informações da arquiteta Ana Trevisan.

SERVIÇO

O QUE: CASACOR Santa Catarina / Florianópolis 2018
QUANDO: 14 de outubro a 25 de novembro
Terça a Sexta, das 15h às 21h / Sábado, das 13h às 21h / Domingo, das 13h às 19h
ONDE: Caminho dos Açores, 1.410, Santo Antônio de Lisboa
INGRESSOS: Inteira, R$ 40 /Meia, R$ 20  /Passaporte, R$ 100

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.