Casa Cor São Paulo 2016: o que vi e gostei

Na semana passada dei um pulo em São Paulo a passeio e também a trabalho. Fui acompanhada da amiga Simone Bobsin, do Portal ArqSC. Aproveitamos a oportunidade para visitar a Mostra Casa Cor São Paulo 30 anos, no Jockey Club. Eu, particularmente, gostei do tamanho do evento que está um pouco menor, com cerca de 70 ambientes – ano passado eram mais de 100. Na caminhada fiz alguns registros de coisinhas que me chamaram a atenção, detalhes.

No geral, achei a exposição de decoração bacana, com ambientes bem compostos, com cara de casa mesmo – pelo menos a maioria deles. Aqui, divido com vocês algumas imagens.

A Praça Eliane é o primeiro espaço da exposição e tem o patrocínio da catarinense Eliane Revestimentos Cerâmicos. O paisagismo tem assinatura de Alex Hanazaki. O jardim é lindo, convidativo, brinca com a textura e o colorido das plantas, que contrastam ao cinza brutalista dos revestimentos. O verde explorado com espécies tropicais se destaca, em suas diferentes nuances, neste cenário demarcado pelos porcelanatos  e seixos com aspecto fosco. À noite a beleza do jardim flutuante sobressai ainda mais. Adorei.

casa cor são paulo
casa cor são paulo
casa cor são paulo
casa cor são paulo

Os meninos de Balneário Camboriú foram muito felizes na composição do espaço Hot Spot. A dupla do Casa Design Interiores, Moacir Jr e Salvio Jr, revestiu as paredes de todo o ambiente com uma madeira carbonizada a 1.800 graus e esta não passou despercebida. A base de tom escuro, de um preto fosco texturizado, com veios aparentes, ressaltou ainda mais os detalhes do espaço intimista e aconchegante. O teto foi desenhado todo em boiserie, parceria com a Bontempo de BC. Parabéns aos ‘Júniors’ mais uma vez pelo trabalho, sempre muito elegante e de bom gosto.

casa cor são paulo
casa cor são paulo
casa cor são paulo
casa cor são paulo
Ficou demais a parede da Sala do Apartamento, projeto de Tenório. Ele deixou o descascado totalmente ao natural, aparente. O efeito robusto deu um toque especial ao espaço

 casa cor são paulo
casa cor são paulo
casa cor são paulo
A fotografia fine art continua em alta. Na maioria dos ambientes, o olhar para a arte fotográfica é notório e aparece em registros com múltiplos efeitos e de tamanhos generosos.

20160609_142907
casa cor são paulo
casa cor são paulo
casa cor são paulo
casa cor são paulo
casa cor são paulo
A costela de Adão é o must do momento. A linda planta aparece estampada em papéis de parede, em objetos decorativos e é usada como arranjo floral no décor. Lindo, lindo, lindo….

casa cor são paulo
casa cor são paulo casa cor são paulo

E agora, soluções criativas…

casa cor são paulo
Escada vira apoio para livros e vasinhos com plantas

casa cor são paulo
Tijolos pintados colocados no chão um do lado do outro deram lugar e uma mesa de centro personalizada

casa cor são paulo
Casa Cor São Paulo
Aqui o comum virou incomum. Este é o armário Capacho, design de Fernando e Humberto Campana. A coleção Capacho é uma edição limitada. Feito de tapete de fibra de coco natural e acabamento com folhas de madeira sucupira. Atente para os puxadores feitos de mármore imperial

casa cor são paulo
Esta árvore pendente ficou um charme no Estúdio Jabuticaba, projeto de Nildo José. Abaixo, mais um detalhe do ambiente que ficou uma graça. Aqui, a trena de metal virou um cabideiro customizado

Casa Cor São Paulo
casa cor são paulo
De novo os tijolinhos, mas desta vez usados na vertical formando um adega supimpa

Casa Cor São Paulo
Um vagão antigo de trem foi cenário para criação de Léo Shetman. É o Expresso Decô no exterior e interior

20160609_171351
casa cor são paulo
Bancada de serviço da cozinha emoldurada. Gostei da praticidade dos nichos flexíveis – pequenas caixinhas – que podem ser colocados e retirados da parede de fundo em aço inox, conforme a necessidade

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *