Design e consciência ecológica em móveis feitos de papelão

Ohhh meu Feito Casulo amado. Não esqueço de você jamais. Tá difícil, as horas passam e eu não consigo dar uma passadinha aqui. Corrido “demaxxx” da conta. Vez em quando demoro, mas jamais abandono. Aos leitores e amigos que acompanham as postagens, mim desculpas. O blog é pessoal e intransferível (rsrsrsrs). Eu criei, eu faço, escrevo e atualizo os posts. Por isso é um blog, primeiro pessoal, depois profissional. Não tenho e nem quero alguém para atualizá-lo. rsrsrsrs

Agora que já dei uma satisfação – mesmo que ninguém tenha cobrado algo – vou fazer os novos posts, a começar pelos publicados na coluna do Casa&Cia do Diário Catarinense

impresso. Beijo grande e “estamos juntos”.

Vamos lá!

Quando vi estes móveis feitos de papelão, no espaço Santa Rita Iluminação, pensei: já conheço estas peças. Não deu outra. Há algum tempo falei deles aqui mesmo no Feito Casulo. São da loja virtual 100t.com.br. O que muda é que agora estou vendo o mobiliário ao vivo e gamei mais ainda. As arquitetas Paola Simoni e Marina Makowiecky trouxeram uma seleção de móveis de papelão – bancos, mesas, poltronas – para ambientar o espaço que promete ser uma experiência pelo universo da luz.

Na foto, destaque para a clássica poltrona bergère, confeccionada a partir do papelão reciclado. E não é apenas decorativa. Você pode usar, sentar. O bacana é que a 100t investe em materiais  inovadores. O produto tem consciência ecológica embutida, é de baixo custo, fácil montagem e armazenamento. Tudo isso, somado ao design criativo. Quer mais? Visite a Mostra Casa&Cia ou espie o site da marca para ver o que eles criam!

Você pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.