Quando a maturidade direciona a decoração

Ambientes da CASACOR SC 2019 em Florianópolis celebram mulheres com mais de 40 anos, empoderadas e dispostas a se acolherem como são

Mulheres maduras são a inspiração para alguns dos ambientes apresentados na CASACOR SC 2019 em Florianópolis: o quarto Entre Fases (foto de abre deste post) e o Living da Arquiteta são exemplos. Mesmo com propostas completamente diferentes – o primeiro é minimalista e o segundo é rico em detalhes – os projetos celebram o autoconhecimento e tudo que vem com ele, uma forte característica das mulheres que já passaram dos 40 anos.

“A tendência é que a mulher, nessa idade, consiga olhar um pouco mais para ela mesma e assuma o papel central da própria vida. Isso confere um empoderamento, é uma quebra de paradigma”, explica a psicóloga clínica Joana Di Migueli, de Florianópolis.

Living da Arquiteta

Foi o que aconteceu com a arquiteta Graziele de Souza que, prestes a completar 40 anos, decidiu que voltaria à mostra (depois de quatro anos sem expor), mas que dessa vez não levaria tendências de mercado e modismos. Ao reconhecer que gosta mesmo é do requinte no estilo clássico, a profissional criou um living cuja inspiração foi ela própria. A ideia foi se assumir exatamente como é e apostar nisso para atrair novos clientes. 

No Living da Arquiteta, arandelas e boiseries em marcenaria compõem com móveis atemporais e pedras duráveis em um ambiente onde predominam simetria e sofisticação.

“Eu gosto do clássico, do sofisticado, do que perdura, da atenção aos detalhes. Quem me conhece sabe que são marcas do meu trabalho e isso não tem a ver com moda, tem a ver comigo”, salienta Grazi.

Living da Arquiteta, projeto de Graziele de Souza
Arquiteta Grazi de Souza

Quarto Entre Fases

O acolhimento da natureza cíclica, o olhar carinhoso para as próprias cicatrizes e o foco somente no essencial foram as inspirações para o quarto Entre Fases, das designers Andreia Bocchi e Jeane Silva e do arquiteto Michael Zanghelini.

“A cama tem um papel central no quarto, assim como ela tem na própria vida. Pensamos o ambiente para uma mulher que mora sozinha e que é bem resolvida com isso”, explicam os profissionais.

As designers Andreia Bocchi e Jeane Silva e o arquiteto Michael Zanghelini
estão à frente do projeto do Quarto Entre Fases

Há alguns anos a chamada “síndrome do ninho vazio” levava muitas mulheres aos consultórios de psicologia depois que os filhos saíam de casa ou se ficassem sem os companheiros. Mas essa não tem sido mais uma questão pertinente, como explica Joana: “o ninho vazio não é mais algo triste para as mulheres, que agora se veem para além dos cuidados com os outros”.

Fotos: Lio Simas
Texto: Comunicação dos profissionais Grazi de Souza, Andreia Bocchi, Jeane Silva e Michael Zanghelini

Agende-se

O QUÊ: CASACOR Santa Catarina/Florianópolis 2019
QUANDO: 15 de setembro a 27 de outubro – Terça a Sexta, das 15h às 21h
Sábados e feriados, das 13h às 21h – Domingo, das 13h às 19h. O evento não abre às segundas-feiras.
ONDE: Empreendimento Cidade Milano (Av. Mauro Ramos, 1512, Centro, Florianópolis). Estacionamento no local.
INGRESSOS: R$ 50 / R$ 25 (meia, necessário comprovante)
https://casacor.abril.com.br/mostras/santa-catarina/

Continue Reading

“Estar nas nuvens”: Gabriel Bordin convida ao descanso com o ambiente Cloud Nine na CASACOR SC

Na edição 2019 da CASACOR SC em Florianópolis, Gabriel Bordin fortalece ainda mais a assinatura como um arquiteto conectado com o morar contemporâneo e os desejos de sua geração.

Com Cloud Nine, o quarto que também se transforma em estar, ele externa a versão pessoal – e de sua jovem equipe – do que reconhece como o espaço de descanso e aconchego. O nome nasceu da expressão “to be on cloud nine”, traduzida livremente como “estar nas nuvens”.

Esse sentimento aparece essencialmente a partir da cama Nuvem, criação autoral de Gabriel em parceria com a grife de colchões Reveev, patrocinadora do ambiente. Fugindo dos padrões nacionais, a peça foi desenvolvida propositalmente mais baixa, como um convite acessível ao relaxamento, além de criar um volume menos massivo na composição.

A parceria ainda rendeu o inusitado e grande painel retroiluminado feito de molas ensacadas – “a alma do colchão” – cuja superfície translúcida e orgânica enfatiza a sensação de estar flutuando no céu. De estar entre as nuvens. Como expressão imagética de suas ideias, o profissional optou por cores claras, que não fogem dos tons de nude e das escalas de cinza.

Dominante, o branco cru assume o papel de protagonista da paleta, enquanto estratégicos pontos pretos se destacam. Assim como o pórtico amadeirado que emoldura a janela e cria um pequeno living diante do dormitório, ofertando a luz necessária à beleza da jabuticabeira escolhida para trazer natureza ao concreto.

Para o piso, o porcelanato amadeirado. No mobiliário, peças assinadas como a poltrona Jangada, de Jean Gillon; a cadeira Julieta, de Gustavo Bittencourt; a mesa Caê, de Fernando Mendes; e, em mais uma criação autoral de Gabriel, um biombo em vidro jateado e serralheria branca também faz as vezes de cabeceira.

Entre as obras artísticas, produções de Sérgio Lucena, Ricardo Homem, Henrique Savas e Sabrina Bordin Sirino. Detalhe dos detalhes, um poema de Yoko Ono pode ser encontrado em algum lugar do ambiente, onde também repousa, sobre a mesa ao lado da cama o relógio do avô do arquiteto, presente em todas as participações na mostra.

Já o armário branco, feito para criar o efeito de “estar voando”, ganha o contraponto com o grande bloco de mármore carrara que em sua composição traz as cores do ambiente como num espelho das nuvens.

Gabriel Bordin desenhou a cama Nuvem, mais baixa propositalmente, um convite ao relaxamento

Diante do conceito Planeta Casa, proposto como guia da CASACOR neste ano a partir da tríade sustentabilidade, tecnologia e afeto, Bordin se apropria naturalmente do tema. “O espaço foi pensado para gerar o mínimo de desperdício possível através das pontuais intervenções construtivas, uma vez que todas as benfeitorias deverão ser retiradas ao final da mostra. O mobiliário foi todo projetado e executado em uma modulação que facilita a adaptação em outros projetos posteriormente, reduzindo as sobras pós-evento”, conta.

O painel de molas ensacadas se tornou uma solução prática ao dispensar a produção de uma parede que não vai durar mais dos que os 45 dias de exibição da mostra. E cerca de 75% destas molas poderão ser reaproveitadas. O arquiteto ainda optou por deixar o teto em sua forma original.

Fotos Fabio Jr. Severo
Texto: Comunicação Gabriel Bordin

Agende-se

O QUÊ: CASACOR Santa Catarina/Florianópolis 2019
QUANDO: 15 de setembro a 27 de outubro – Terça a Sexta, das 15h às 21h
Sábados e feriados, das 13h às 21h – Domingo, das 13h às 19h. O evento não abre às segundas-feiras.
ONDE: Empreendimento Cidade Milano (Av. Mauro Ramos, 1512, Centro, Florianópolis). Estacionamento no local.
INGRESSOS: R$ 50 / R$ 25 (meia, necessário comprovante)
https://casacor.abril.com.br/mostras/santa-catarina/

Continue Reading

Ana Luiza Tomazi e a beleza do imperfeito na CASACOR SC 2019

A arquiteta Ana Luiza Tomazi, 29 anos, acaba de estrear na CASACOR SC Florianópolis. Mas, além de mostrar o projeto do quarto Unplugged, a profissional também levanta um debate em tempos de excessos nas redes sociais.

“A inspiração surgiu por meio de uma reflexão pessoal sobre a necessidade que temos de provar, expor e parecermos perfeitos nas redes sociais. Muitas vezes, o espectador encara aquele conteúdo como verdade absoluta, esquecendo de trazer para sua realidade o que é essencial e o que faz sentido para sua vida”, afirma Ana Luiza.

O dormitório, segundo a profissional, foi pensado para um jovem casal com uma rotina profissional acelerada. Para criar o espaço de puro relaxamento, Ana imprimiu um pouco da filosofia japonesa Wabi Sabi, de aceitar a imperfeição e aproveitar ao máximo a vida. Wabi é definido como “simplicidade rústica” e Sabi é “ter prazer no imperfeito”. Com isso, a arquiteta explorou os materiais naturais, a assimetria nas formas, as texturas e os volumes do ambiente, que tem 22 metros quadrados.

O teto arredondado foi feito em gesso e a pintura remete ao concreto aparente. Nas paredes, foram utilizadas lâminas de madeira natural diferentes e não-uniformes. O revestimento para parede, que comporta uma estante ligada ao armário de duas portas de palha e madeira, foi escolhido por ser irregular, tanto nas bordas quanto no tom de cada peça.

O verde da cômoda é o único ponto de cor mais intenso da paleta, que explora o cru e o natural. Os tecidos utilizados nas cortinas, na roupa de cama e nos sofás são linho, que são mais sustentáveis e causam menos impacto ambiental. O tapete kilim é confeccionado manualmente.

A iluminação é controlada por automação e dimerizada, criando diferentes cenários. O projeto luminotécnico minimalista foi feito em parceria com a arquiteta Francine Cardoso, e prioriza a luz indireta, sem pontos no teto, proporcionando assim um espaço aconchegante e confortável.

O décor também segue a linha despretensiosa, com livros dispostos na estante e quadros, presos e apoiados nas paredes.

“O debate que proponho aqui é importantíssimo, principalmente para que as novas gerações compreendam o conceito. Somos uma geração despreparada de opinião para esse universo. Não sou contra redes sociais nem influenciadores, pelo contrário, acho que precisamos ter consciência e domínio do que queremos ser em vez de criar expectativas que poderão se transformar em frustrações”, analisa.

Fotos: Mariana Boro
Texto: Comunicação Ana Luiza Tomazi

Agende-se

O QUÊ: CASACOR Santa Catarina/Florianópolis 2019
QUANDO: 15 de setembro a 27 de outubro – Terça a Sexta, das 15h às 21h
Sábados e feriados, das 13h às 21h – Domingo, das 13h às 19h. O evento não abre às segundas-feiras.
ONDE: Empreendimento Cidade Milano (Av. Mauro Ramos, 1512, Centro, Florianópolis). Estacionamento no local.
INGRESSOS: R$ 50 / R$ 25 (meia, necessário comprovante)
https://casacor.abril.com.br/mostras/santa-catarina/

Continue Reading